5 melhorias que os moradores podem realizar no condomínio

23 outubro 2019

Mulher ajudando a reformar a área comum de seu condomínio para novas melhorias

Após realizar o sonho de conquistar o apê próprio é preciso ter em mente que as transformações no seu lar continuarão. É importante saber que ao passar dos anos, os imóveis se valorizam por muitos fatores, mas o principal deles são as melhorias que os moradores realizam nele.

Continue lendo este texto e descubra como manter seu condomínio fechado em constante valorização imobiliária e ao mesmo tempo oferecer conforto e qualidade de vida para quem vive nele!

1. Invista em sistemas de segurança modernos

Muitos condomínios da MRV possuem sistema de segurança que já são entregues quando a obra é finalizada. Mas, com o passar do tempo essa tecnologia é superada. Por isso é muito importante investir na renovação dos atuais equipamentos como câmeras de vídeo, sensores de movimento e abertura automática da cancela da guarita.

2. Dispositivos que economizem água e energia elétrica

Apesar de disponibilizarmos em muitos condomínios este recurso nas áreas comuns, você pode estender esta melhoria ao seu apartamento. Pois além de contribuir com a redução do consumo do condomínio, você se beneficiará com a redução do valor de suas contas de água e luz:

  • Invista em sensores para desligarem a luz quando não tiver movimento nos ambientes;
  • em cômodos como o banheiro e cozinha, instale descarga que economize água durante o uso e torneiras com controle de vasão de água nas pias;
  • controle a chave do chuveiro de acordo com a estação. No verão, por exemplo, pode deixar desligado.

3. Mantenham a estrutura interna e fachada em dia

Depois de um tempo morando no condomínio, aquele aspecto bonito da pintura e cheirinho de casa nova passam dão lugar a paredes sujas e muitas vezes lâmpadas queimadas. É por isso que é muito importante mantermos tanto a fachada do condomínio como as áreas internas sempre bem cuidadas. Por isso, invista em cuidados com:

  • um bom sistema inteligente de irrigação para manter o gramado sempre verdinho;
  • agende periodicamente a renovação da pintura das áreas comuns e externa do condomínio;
  • solicite ao síndico reparos como troca de lâmpadas sempre que estas apresentarem defeito ou queimarem. Pois nada pior que andar por um condomínio escuro;
  • manter os locais onde os pets circulam sempre limpos e higienizados.

4. Revitalização e manutenção das áreas de lazer

As áreas externas costumam sofrer mais com ação do tempo, por isso é importante que os moradores, junto do síndico, se mobilizem para investir na manutenção e revitalização dos espaços comuns e de lazer.

  • brinquedos do Playground Infantil;
  • a churrasqueira do Espaço Gourmet;
  • piscinas adulto e infantil;
  • os Espaços Fitness descoberto também merecem atenção;

5. Investir em acessibilidade para todos

Uma das melhorias mais importantes para se pensar em um condomínio é na acessibilidade. Seja nas áreas comuns ou privativas, os imóveis que possuem acessibilidade total em seus espaços se valorizam ainda mais. Por isso é sempre importante melhorar os espaços adaptados com novos recursos como:

  • aviso sonoro e tapetes antiderrapante na área das piscinas;
  • banheiros adaptados para PNE nos espaços de lazer;
  • pista tátil em toda área externa do condomínio para deficientes visuais;
  • corrimão nas rampas de acesso por todo o condomínio, para facilitar o deslocamento de cadeirantes e para apoio aos idosos.

Vale lembrar que melhorias e revitalizações são necessárias, more você em casa ou em apartamento. Por isso, planeje as reformas ou melhorias e as discutam nas reuniões de condomínio. O planejamento é fundamental para que todas as solicitações sejam atendidas e os reparos feitos.

É preciso ter em mente que, a taxa de condomínio é coletada para ser aplicada nestas reformas pontuais ou gerais. Pois, além de valorizar um ambiente bonito em bem cuidado é capaz incentivam a cuidar melhor do que é de todos.

E aí, gostou das nossas dicas sobre melhorias para serem feitas em um condomínio? Se você quiser receber mais dicas sobre imóveis, assine nossa newsletter e receba outros artigos como este diretamente em seu e-mail!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório