A importância das áreas de lazer nos condomínios | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

A importância das áreas de lazer nos condomínios

22 fevereiro 2019

A importância das áreas de lazer nos condomínios

Churrasqueira, playground, espaço de convivência. Os itens de uma área de lazer em um condomínio brilham os olhos de qualquer pessoa que esteja procurando um apartamento para comprar. Mas, além da qualidade de vida, o que mais será que benefícios como estes agregam ao valor do imóvel e a seus moradores?

Um dos fatores, por exemplo, é a segurança. Uma área de lazer completa garante que famílias inteiras possam se divertir juntas sem precisar sair de dentro do condomínio. Além disso, é possível uma maior integração entre os moradores, facilitando que as crianças socializem com colegas da mesma idade, e que adultos ampliem sua rede de relacionamento.

Quadras esportivas, piscinas e playgrounds são garantias de que os pequenos manterão o corpo em movimento e ao ar livre, despertando, deste modo, o gosto pelas atividades físicas desde cedo, colaborando para uma rotina saudável e mais feliz.

Construir um espaço com opções de lazer também é garantia de que o empreendimento seja desenvolvido em uma área maior, com prédios que abrigam uma quantidade também maior de moradores. Deste modo, o preço do condomínio automaticamente cai, já que será dividido entre mais unidades, transformando esta em mais uma vantagem aos condôminos.

Apartamentos localizados em condomínios com benefícios também são garantia de valorização do patrimônio. Outras vantagens são o fato de que os moradores de um prédio com área de lazer não precisarão gastar horas no trânsito se deslocando em busca de diversão, bem como o embelezamento do condomínio, que, com itens bem cuidados e com a manutenção em dia, colaboram para o bem-estar daqueles que circulam por estes espaços.

Ainda neste âmbito, construtoras vêm investindo no inovador conceito das hortas coletivas. Focando a economia, a convivência e a alimentação saudável, estes espaços compartilhados ajudam os moradores a manter um consumo constante de legumes e verduras com gastos mínimos que envolvem apenas o plantio e a manutenção.

A MRV, por exemplo, uma das pioneiras neste tipo de benefício em seus empreendimentos, aposta que, para o bom funcionamento de uma horta coletiva, são necessárias apenas dedicação e organização dos moradores. Regras simples, como a decisão sobre quem pode e deve tocar as operações do espaço, facilitam a boa convivência e utilização do que for produzido.

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório