Como montar um bar em apartamentos pequenos?

06 agosto 2020

Casal comemorando o bar em apartamento que eles fizeram

O ditado popular diz que toda construção pode se tornar uma casa, mas somente aquela onde o nosso coração está é considerada nosso lar. Além de ser o lugar onde nos sentimos seguros, aconchegados e protegidos, nossa casa pode nos proporcionar momentos de relaxamento e descontração com os amigos e a família, principalmente se tivermos um bar em casa.

Embora haja várias formas de montar esse cantinho do lazer, muita gente ainda acha que tal "luxo" só é destinado aos moradores de casas grandes. Acredita-se que seja impossível ter um barzinho em um apartamento pequeno.

Mas está muito enganado quem ainda tem essa crença! Hoje em dia, é possível montar um bar completamente personalizado e de acordo com o tamanho do ambiente, respeitando as necessidades de cada família ou morador. Ficou curioso? Então, continue a leitura!

Por que ter um bar em casa?

A possibilidade de realizar festas e pequenas recepções em casa com mais conforto e segurança, estão fazendo com que muita gente leve uma vida mais caseira. Mas isso não tem nada a ver com reclusão ou falta de vontade de ver outras pessoas.

Na realidade, é possível ser ainda mais sociável ficando em casa e chamando os amigos ou a família para fazer confraternizações com drinks preparados em casa. É nesse cenário que os bares domésticos vêm ganhando bastante espaço nas residências dos brasileiros, mesmo no caso daqueles que moram em apartamentos pequenos.

Quer saber como montar um bar dos sonhos no seu apê? Veja a seguir!

Como ter um barzinho no apartamento?

Para quem gosta de receber os amigos e a família em casa, ter um home bar é praticamente imprescindível. Seja ele pequeno, seja grande, todos os barzinhos garantem bastante diversão e momentos marcantes, além de deixarem a decoração de todo o ambiente muito mais estilosa.

Se você mora em um apartamento e quer colocar em prática o sonho do barzinho em casa, confira algumas dicas de ouro abaixo!

1. Minibares de bancada ou suspensos

Os minibares (ou barzinhos compactos, como também são conhecidos) estão se mostrando cada vez mais uma tendência, muitas vezes nem tanto pela falta de espaço, mas devido à preferência dos moradores por estilos mais minimalistas e discretos. Assim, qualquer cantinho sobressalente em algum ambiente social do apartamento (como sala de estar, sala de jogos, varanda gourmet etc.) pode se tornar um barzinho compacto.

Até mesmo a bancada de mármore da cozinha americana pode abrigar um minibar com o uso de algumas bandejas e suportes para taças e garrafas. Existem inclusive alguns minibares suspensos, que não necessitam de nada mais do que uma parede livre.

Eles são encontrados em diversos estilos e materiais, mas o mais comum é que sejam feitos de madeira, MDP ou MDF. Esses bares podem ser somente para garrafas de vinho ou para todos os outros tipos de bebida, tendo suporte para taças e copos específicos de cada drink.

2. Carrinhos de bebida

Os carrinhos de bebidas são alternativas para quem não tem muito espaço e deixam qualquer ambiente descolado. Além disso, contam com toda a praticidade que um barzinho com rodas proporciona.

Apesar serem compactos, conseguem comportar e organizar diversas bebidas, bem como seus respectivos aperitivos, já que costumam vir em dois andares. Os carrinhos podem ser colocados em diversos ambientes: o hall de entrada, a sala de jantar, a varanda e inclusive a cozinha (desde que não atrapalhe a mobilidade, é claro) são alguns exemplos.

É possível encontrar os mais diversos modelos à venda. Portanto, essa opção satisfaz perfis de decoração variados, podendo ir do rústico ao romântico.

Assim como os suspensos, esses barzinhos são bastante utilizados em madeira, dando a possibilidade de personalização e exclusividade quando a peça é encomendada sob medida. No entanto, existem alguns modelos prontos de ferro e inox que também atendem às necessidades e podem ser a cereja do bolo em alguns ambientes com estilo de decoração industrial, por exemplo.

3. Bebidas que não podem faltar

Qualquer home bar, por menor que seja, precisa contar com algumas bebidas consideradas "de base", como whisky, vodka e cachaça. No caso dos vinhos, é possível tê-los, mas o ideal mesmo é armazená-los da maneira adequada em uma adega, para que o sabor não se perca.

Além dos alcoólicos, algumas bebidas sem álcool são imprescindíveis para servir de mistura em um bom drink. Os xaropes de sabores, a água gaseificada e os sucos de fruta sem açúcar e concentrados são alguns exemplos.

4. Cômodos que viram bar

Se você vive sozinho ou com um (a) companheiro (a), é provável que exista um cômodo extra que você deseje transformar em um cantinho de bar caseiro.

Já pensou se esse ambiente fosse transformado em um verdadeiro barzinho, com balcão para servir, refrigeradores, sofás e mesinhas de apoio? Incrível, não é mesmo?

Você deve estar achando que fazer tudo isso custa muito caro, mas não necessariamente! Com criatividade e dedicação, especialmente para reutilizar móveis antigos e aplicar a técnica DIY (faça você mesmo), dá para gastar pouco sem nem precisar quebrar pisos ou paredes.

Já se você estiver disposto a gastar um pouquinho além e for apreciador de boas músicas, um bom investimento seria uma Jukebox para proporcionar ainda mais divertimento aos amigos e à família. Só é preciso atentar à questão do barulho e não atrapalhar os vizinhos. Nesse caso, o ideal é colocar uma proteção acústica nas paredes.

Como vimos, ter um bar em casa torna quase dispensáveis as saídas aos finais de semana, já que é possível se divertir tanto quanto ou até mais no refúgio do próprio lar. No entanto, é preciso tomar cuidado com o excesso na ingestão de álcool, especialmente se os amigos ou a família estiverem de carro. Nesse caso, fica com você a responsabilidade de não deixá-los dirigir embriagados, portanto tenha um sofá ou colchão para hóspedes caso eles precisem dormir na sua casa.

E então, gostou do artigo? Aproveite e assine a nossa newsletter para ficar pode dentro de mais dicas e novidades sobre o assunto!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório