Casar e comprar um apartamento: é possível fazer os dois? | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Casar e comprar um apartamento: é possível fazer os dois?

08 outubro 2018

Casar e comprar um apartamento: é possível fazer os dois?

O casamento é um grande passo na vida de um casal, não é mesmo? Com ele, vêm grandes responsabilidades, como a de definir as prioridades da vida a dois com independência. Entre elas, está a compra de um imóvel. Mas, será que é possível casar e comprar um apartamento?

Unir essas duas grandes decisões pode parecer demais, mas, com planejamento e economia, é possível realizar o sonho de comemorar a união e ainda fazer um bom negócio na compra de um apartamento.

Para ter sucesso nessa fase da vida, é preciso conhecer o mercado imobiliário e ficar atento a alguns detalhes que podem fazer toda a diferença na hora da negociação. Neste artigo, você vai conferir algumas dicas para realizar esses dois sonhos e começar a vida a dois com o pé direito e um bom imóvel. Acompanhe!

A importância da independência para os recém-casados

A independência financeira é um passo muito importante que os casais precisam dar no momento em que decidem viver juntos. O casamento é, também, ter a responsabilidade de arcar com a vida a dois.

Por isso, a conquista do imóvel é um sinal de autonomia muito importante, já que traz consigo a mensagem de que os dois estão focados e empenhados na tarefa de construir um lar e de ter seu próprio espaço.

A compra do apartamento

Você não precisa começar a procurar o apartamento no mesmo momento em que está pesquisando sobre a festa. A dica, inclusive, é encontrar o imóvel onde vocês vão morar antes do casamento e inclusive tentar dar a entrada do imóvel antes de se preparar para a festa. Essa atitude vai fazer o casal ficar mais tranquilo, já que dar a entrada é um passo importante.

É por isso que o planejamento é tão significativo. Ter onde morar já antes de casar já vai sanar a maior preocupação que um casal tem no início da vida a dois, que é estabelecer o próprio lar.

Dar a entrada do imóvel antes de se preocupar com a festa vai evitar que o casal acumule muitas pendências para pagar durante um mesmo período. Então, a dica é ter calma, procurar uma boa oportunidade e, depois, organizar a festa com calma.

Verifique as condições de financiamento

Hoje em dia, é muito difícil encontrar alguém que tenha todo o dinheiro para comprar um imóvel à vista, não é? Por isso, as empresas responsáveis pelas vendas de apartamento apresentam facilidades no pagamento, como boas opções de financiamento, entrada mais baixa, entre outros.

Para decidir o que mais funciona para o casal no momento, consulte essas opções e fique de olho nas oportunidades, como feiras e promoções realizadas por essas empresas. Muitas vezes, as condições de financiamento são excelentes e cabem no bolso. Visite os apartamentos decorados, veja se o imóvel atende às suas necessidades e tire todas as suas dúvidas com os corretores.

É importante pesquisar sobre o financiamento, entradas e possíveis valores que precisam ser dados ao longo da construção do imóvel. É preciso avaliar todas as possibilidades, inclusive a retirada do seu FGTS para ajudar, comparar valores e ter tudo em mente para que nada saia do orçamento.

Pesquise o mercado

Além de estar informado sobre as condições de parcelamento dos imóveis, é preciso pesquisar bastante sobre o mercado imobiliário, os valores e os benefícios de adquirir um bem como um apartamento.

Ao deixar de pagar aluguel e custear um financiamento, você paga por algo próprio e que certamente vai ser valorizado com o passar dos anos. Por isso, optar por ter um imóvel é uma excelente atitude e que vai ajudar, principalmente, o casal a adquirir a tão sonhada estabilidade financeira ao investir em um lugar próprio.

Pesquisar o mercado significa saber sobre as vantagens e o momento certo de comprar um imóvel, além de fazer investimentos que tragam bons juros a fim de dar uma entrada satisfatória na compra do apartamento. Também é importante optar por uma construtora que ofereça as melhores condições do mercado.

A organização da festa

Se você sonha em ter um apartamento, mas não quer abrir mão da festa, é importante pesquisar muito bem os preços com os fornecedores como buffet, música, decoração e salão. Você pode optar por uma cerimônia menor, por exemplo, somente para os familiares e amigos mais próximos.

Saiba quanto dinheiro você tem

Já que o desejo é unir a felicidade de uma festa de casamento à sensação da conquista do primeiro imóvel, é muito importante dar o primeiro passo e saber quanto dinheiro o casal tem, junto.

Some as poupanças e os bens — se houver —, como carros, que podem ser vendidos para realizar esse objetivo. É importante saber qual o capital disponível para, assim, conseguir dividí-lo entre esses dois sonhos.

Limite um orçamento para gastar na festa

O lado positivo tanto da festa quanto do apartamento é que ambos podem ser parcelados. Alguns serviços como aluguel de salão, buffet e decoração oferecem boas opções de parcelamento. Inclusive, você pode se organizar para chegar ao grande dia já com tudo pago, parcelando as despesas nos meses que antecedem a celebração.

Mas, mesmo que seja possível parcelar, é importante definir um limite para gastar com a festa, certo? Depois que vocês já contabilizaram quanto dinheiro há disponível, veja o que vale a pena ser pago à vista e o que pode ser parcelado e o que cabe no orçamento do casal, mas sem se esquecer de contar com a parcela do apartamento.

Não se intimide em pedir desconto

Muita gente aceita pagar o preço proposto por vergonha de pedir um desconto. Se você puder pagar algum serviço à vista, não se intimide em perguntar se nessa opção de pagamento você pode ter uma porcentagem de desconto. Lembre-se sempre que toda economia é válida e que pode ser guardada para a entrada no apartamento.

Casar e comprar um apartamento é uma tarefa possível quando se tem companheirismo, organização e paciência para esperar o melhor momento para realizar esses dois sonhos. Mesmo que um deles tenha que esperar, ter essa meta ajuda o casal a trabalhar para isso e a conquistar, em parceria, seus objetivos.

E então, gostou do conteúdo de hoje? Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail nossas novidades!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório