Como decorar a casa com parede e móveis da mesma cor? | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Como decorar a casa com parede e móveis da mesma cor?

11 maio 2017

Já pensou em investir no visual minimalista sem abrir mão da cor e do estilo na sua casa? Sim, isso é possível! Basta seguir algumas dicas para usar tonalidades semelhantes sem sobrecarregar o ambiente. Assim, você consegue realçar objetos especiais e ainda deixa o espaço descontraído e prático.


No Decorado Spazio Porto Cruzeiro, em Porto Alegre, a decoração se aproveita dos tons escuros do marrom e preto dos móveis para aplicá-los em estampas nas paredes.

 

Para alcançar esse efeito, aposte na tendência de pintar parede e móveis da mesma cor, seja ela neutra ou vibrante. Além de deixar a decoração original, essa técnica permite variadas combinações e contrastes sutis.

Entretanto, é preciso entender como aplicar a novidade em sua casa para não errar nas escolhas. Continue a leitura e confira como fazer isso de forma prática!

Combine parede e móveis da mesma cor

O primeiro passo é escolher a cor que mais combina com o estilo de decoração da casa. Para criar um espaço com bastante personalidade, selecione uma tonalidade de roxo, azul, amarelo, etc. Já para um visual moderno ou industrial, prefira nuances neutras, como cinza, preto ou rosa queimado.

Ao optar por móveis e paredes iguais, você deve cuidar a harmonização com outros itens do ambiente. Ou seja, selecione a cor principal tendo em mente o tom dos demais objetos e faça composições bonitas.  

Crie contrastes com outras peças

Use outras peças da mobília e elementos menores para fazer contraste com a cor em destaque. Isso vale para quadros, cadeiras, luminárias, tapetes e outros acessórios.

Por exemplo: se na cozinha você escolheu cinza para a parede e móveis próximos a ela, então prefira um conjunto de cadeiras amarelo, mesa de madeira e luminária de metal.

Aplique o tom sobre tom

Outra maneira de realçar peças, mas usando a mesma cor no cômodo, é aplicar a técnica de tom sobre tom. Assim, você escolhe a coloração para compor a decoração e faz contrastes sutis usando diferentes tonalidades.

Na sala, por exemplo, que tal optar pelo azul-escuro para as paredes e mobília enquanto os acessórios são azul pastel? A dica é sempre planejar a composição levando em consideração o seu gosto pessoal e as possibilidades.


O mesmo tom da parede aplicado nos itens do ambiente, como lençóis e almofadas. Foto do Decorado Parque Porto Gravataí, em Porto Alegre.

Use estampas

Se a ideia é ter paredes e móveis da mesma cor, por que não acrescentar estampas? Experimente usar a mesma ilustração do papel de parede na mobília! Existem inúmeras opções, desde as discretas, com figuras delicadas e tons neutros, até as vibrantes, de desenhos maiores e cores fortes.

A escolha depende muito do estilo da sua casa, mas, em caso de dúvidas, é interessante consultar um profissional. Afinal, utilizar estampas é mais ousado e requer cuidados maiores.

Ilumine bem o cômodo

A boa iluminação da casa, tanto a natural quanto a artificial, valoriza as cores do ambiente. Por isso, planeje uma composição luminosa que dê destaque aos tons usados e não prejudique a qualidade deles. Nuances neutras tendem a favorecer a iluminação da residência e agregar claridade, por isso, use-as para um estilo clean na decoração.

Se você quer usar cores escuras, é essencial que a incidência de luz no cômodo seja grande e, de preferência, sem sombras. Caso contrário, o lugar poderá ficar com uma aparência pesada.

Uma casa colorida não significa poluição visual. A tendência de parede e móveis da mesma cor permite inúmeras combinações e deixa o décor descontraído, elegante e cheio de personalidade. Então, não espere mais para experimentá-la em sua casa!

Gostou das dicas? Então curta nossa página no Facebook e acompanhe todas as maiores novidades sobre decoração!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório