Como fazer um projeto de decoração de baixo custo para meu apartamento | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Como fazer um projeto de decoração de baixo custo para meu apartamento

01 fevereiro 2019

Ter um lar lindo, aconchegante e funcional, tudo isso proporcionado por uma bela a bem-feita ornamentação, não é mais privilégio de quem tem uma condição socioeconômica acima da média. Mesmo quem tem um poder aquisitivo mais baixo e não pode pagar pelo trabalho de um arquiteto ou decorador, pode sim, criar um projeto de decoração de baixo custo para seu imóvel.

O que não significa que, por ser mais barato, será esteticamente menos agradável, tão pouco, que não será funcional. Com muito bom gosto, criatividade e pouco dinheiro é possível criar ambientes incríveis, daqueles que você ficar para sempre, dignos de capa de revista de decoração.

Por isso, para que você aprenda sobre decoração de baixo custo, preparamos este post que o conduzirá à uma quantidade enorme de dicas e técnicas, com diversos estilos de decoração, que o ajudarão a fazer do seu cantinho o mais lindo do mundo para você. Vamos conferir?

2. Como buscar referências para o meu projeto de decoração?

As principais tendências de decoração estão expostas em revistas, sites, blogs e, até mesmo, em redes sociais como o Instagram e Pinterest, acessíveis a quem estiver interessado em saber mais sobre o assunto. Ou seja, não são exclusivas dos profissionais da área.

Claro que os arquitetos e decoradores têm seus diferenciais, afinal, eles estudaram muito para isso e já estão com seus olhares treinados para enxergar o que funciona ou não nesse tipo de ambiente.

Porém, isso não significa que você não possa pegar uma carona no conhecimento compartilhado por eles, para adquirir a visão do que vai cair bem no seu apartamento, por isso, estudar projetos de decoração desses profissionais em seus sites de portfólio, também é uma ótima forma de se inspirar.

Para ajudar você a encontrar as melhores fontes de referência, listaremos a seguir os endereços mais badalados na web no mundo inteiro quando o assunto é inspiração para projetos de decoração cheios de estilo e personalidade. Dá só uma olhadinha a seguir.

Blogs e sites

Os blogs, sites, portais e revistas online de arquitetura e decoração são valiosas fontes de referência capazes de trazer para o seu projeto, referências e inspirações vindas do mundo todo. Confira, a seguir, alguns dos principais deles.

  • Apartment Therapy: é um dos blogs mais completos sobre projetos de decoração. Nele é possível encontrar desde as sugestões mais sofisticadas e que demandam maior investimento até as mais econômicas e funcionais. É muito bem organizado, em categorias divididas por cômodos, e ainda traz diversas dicas de profissionais famosos na área;
  • Aarquiteta: é um blog brasileiro que tem como foco principal ajudar os estudantes de arquitetura e design de interiores. Nele é possível encontrar indicações de bons cursos na área, dicas de software de arquitetura e de marketing para arquitetos e decoradores;
  • Architectural Record: é um revista de arquitetura online que oferece notícias sobre o mercado, novidades sobre o universo de decoração ao redor do mundo, tendências, dicas, agenda de eventos, entre outras coisas. Vale a pena lembrar que é considerada uma das melhores revistas online desse segmento do mundo;
  • Natália Noleto: criado pela profissional que dá nome ao blog, a arquiteta e decoradora compartilha dicas, truques e técnicas sobre reformas e decoração. Além disso, ela conta um pouco sobre como é a sua vivência na área, do que também é possível extrair muitas referências e inspirações;
  • ArchiNinja: a autora do blog, Linda Bennet, o criou com o objetivo de sanar dúvidas de estudantes de arquitetura, mas seu trabalho é tão bem feito, que o projeto cresceu e se tornou um dos principais blogs de arquitetura do mundo;
  • Blog da Galeria: também brasileiro, o blog da galeria é parte do site Galeria de Arquitetura, que funciona como um verdadeiro manancial de notícias e novidades sobre o assunto decoração e tudo o que ele envolve;
  • Inhabitat: com foco em temas da arquitetura como sustentabilidade, inovação, tecnologia e design, o portal Inhabitat, tem uma pegada quase científica, registrando todas as pesquisas que são feitas no setor. Quer encontrar projetos criativos e inovadores para se inspirar? É só procurar por lá;
  • Arquitetura e Urbanismo: é a versão online da revista impressa sobre o tema que dá nome à publicação. Nela é possível encontrar diversos projetos de arquitetura, design e construção civil para servirem de fonte de pesquisa e inspiração;
  • Design Boom: o reúne diversas tendências inspiradoras do mundo todo. Sempre com fotos de tirar o fôlego, ele é uma fonte inesgotável de boas ideias para quem quer criar um projeto de decoração de alto bom gosto e baixo custo;
  • Viva Decora: o blog oferece um vasto conteúdo sobre decoração, incluindo dicas de DIY (Do it Yourself ou faça você mesmo) capazes de ajudar muito a quem está em busca de um projeto de decoração de baixo custo. A versão Pro do blog tem dicas de marketing e empreendedorismo para profissionais da área.

Instagram

Quem pensa que a rede social só serve para diversão e relacionamento interpessoal está muito enganado. No Instagram é possível encontrar diversos perfis com focos em diferentes assuntos, um desses temas é decoração. Conheça, a seguir, alguns perfis que trazem dicas surpreendentes.

  • @jardimnocimento: do projeto de decoração do novo apartamento da blogueira Karol Pinheiro e seu namorado,nasceu esse perfil no Instagram que mostra todo o processo da reforma e decoração do imóvel do casal. Vale muito a pena dar uma conferida nas fotos;
  • @casadevalentina: Lucila Turqueto mostra diferentes formas de decorar um mesmo ambiente, sempre pensando no melhor aproveitamento do espaço e na beleza do lugar. Além disso, ela também demonstra em suas fotos como arrumar um mesa de jantar tanto para ocasiões mais informais quanto para eventos mais sofisticados como uma ceia de natal;
  • @erikakarpuk: o foco de Erika Karpuk é a sustentabilidade. Em sua conta no Instagram ela mostra como investir em maneiras mais ecologicamente corretas de decorar um ambiente. Há várias dicas de reciclagem que ajudam a reaproveitar móveis, tecidos e objetos de decoração de forma bela e eficiente. Para quem quer economizar, é uma ótima opção de inspiração.

Pinterest

No Pinterest é possível encontrar quadros realmente muito inspiradores com imagens incríveis de ambientes completamente decorados com muito bom gosto e inteligência. Conheça, a seguir, alguns dos quadros mais interessantes que reunimos aqui para você.

  • Poli Xavier: adepta do DIY, a designer de interiores Poli Xavier, montou em Pinterest um série de painéis organizados por cômodos de uma casa. Desse modo, fica bem fácil encontrar o que você está procurando entre as dicas da profissional;
  • Camilla Moreira: a designer não fala somente sobre decoração, seu repertório é ampliado por pins sobre destinos de viagens, maquiagem e beleza em geral, além de muito DIY. O que chama atenção em seus painéis no Pinterest são a organização, as cores e os ambientes quase sempre bem clean;
  • Missy My Cottage Charm: até as estações do ano influenciam nas dicas de decoração oferecidas pela Missy em seus pins. Um imensa variedade de painéis muito bem categorizados por cômodo ou por assunto, já que ela também não fala só de decoração. É possível passar horas explorando o universo de dicas presentes nesse perfil do Pinterest e extrair delas ideias incríveis para um projeto de decoração de baixo custo.

3. Como planejar a decoração de cada ambiente da casa?

Defina os espaços que serão decorados

Como você pôde observar nas fontes de referência e inspiração, a maioria delas está categorizada por cômodo e isso não é à toa, pois na hora criar o projeto de decoração do seu apartamento é muito mais fácil pensar uma parte da casa de cada vez.

Desse modo, é possível seguir um mesmo estilo em toda a casa, ou deixar a criatividade fluir criando cada ambiente com uma tendência diferente. Porém, de modo a conversarem entre si por meio das cores e formas, por exemplo.

Meça tudo direitinho

Depois de definidos os espaços a serem decorados é hora de tirar as medidas de cada um deles, não se limitando à metragem total do cômodo, mas medindo cada cantinho. Por exemplo: a distância entre uma porta ou janela e o canto da parede.

Se houver vãos ou irregularidades, como colunas, eles devem ser medidos também para que seja possível aproveitar cada espacinho do seu ambiente.

Busque inspiração

Agora que os ambientes a serem decorados já estão definidos e você já tem suas medidas, chegou a hora de consultar aquelas referências que você já andou usando para se inspirar e definir qual delas você seguirá.

A partir disso, você poderá começar a definir e a buscar fornecedores para a mobília e peças de decoração que gostaria de usar. Nesse momento, consultar sites como o Westwing e até mesmo os de desapego, como o OLX, é uma ótima forma de obter referências de preços que o ajudarão no próximo passo, que é o de definir um orçamento para o seu projeto.

Planeje o seu orçamento

Quando pensamos em um projeto de decoração de baixo custo, significa que não dispomos de muitos recursos financeiros para ele, não é verdade? Por isso, o ideal é planejar por partes, definindo prioridades.

Por exemplo, se o mais urgente é decorar seu banheiro, faça orçamentos para compra do que for necessário para todos os ambientes, mas reserve o que será gasto nesse cômodo para a primeira fase do projeto.

Desse modo, você poderá decorar um espaço por mês, por exemplo, e já sabendo de quanto você precisará dispor em cada uma das etapas amortizando o seu investimento sem que seja necessário desembolsar tudo de uma única vez, ou mesmo, se endividar.

Faça um esboço do seu projeto no papel

Você não precisa ser um exímio desenhista, mas rabiscar no papel o que será colocado onde é uma ótima forma de prever a distribuição das peças e definir o tamanho que cada uma deverá ter de acordo com o espaço que ocupará.

Por meio desse esboço, será muito mais fácil aproveitar cada milímetro dos seus ambientes e ainda torná-lo muito mais cômodo e funcional, já que é o momento de pensar em como cada item será usado no dia a dia.

Claro que peças meramente decorativas são lindas, mas dê preferência ao que pode enfeitar sem abrir mão ter alguma outra utilidade. Pode não parecer, mas objetos funcionais que também são decorativos representam uma grande economia, já que fazem o papel de 2 em 1.

4. Como fazer um orçamento adequado ao projeto?

E já que estamos falando em orçamento e que você já sabe quanto poderá gastar, é bom lembrar que, apesar de peças de decoração muitas vezes serem únicas, o ideal é sempre orçar a sua aquisição em pelos menos três estabelecimentos diferentes.

Se uma peça só foi encontrada em um lugar, veja se é possível encontrar outra com a mesma função e estilo e compare os preços. Muitas vezes, por diferenças mínimas entre uma peça e outra é possível fazer um grande economia.

Lembre-se também, que existem diversas referências de objetos de decoração que podem ser feitos por você mesmo, ou ainda, reciclando materiais usados para outros fins, reaproveitando móveis antigos.

Esse tipo de recurso, além de contribuir para a sustentabilidade do meio ambiente, torna o custo do seu projeto de decoração muito mais acessível, fazendo com que ele seja viável.

5. Como pesquisar os preços mais baratos no mercado?

Como já mencionamos, o ideal é que se faça ao menos três orçamentos para cada item do seu projeto, seja peça de decoração e móveis, seja mão de obra. Porém, a dúvida que fica é: como encontrar os melhores preços para que esses orçamentos sejam feitos?

Mais uma vez a internet é uma grande aliada nesse momento, assim como as revistas de decoração. Busque em comparadores de preços como o Buscapé e encontre os locais onde cada tipo de peça é mais barata. Os antiquários e brechós, principalmente os beneficentes, também costumam esconder verdadeiras relíquias por preços ínfimos.

Outro modo de descobrir lugares bacanas e baratos para comprar itens de decoração é recorrer os blogs e as redes sociais. Quando encontrar um post com algo que o agrade, não hesite em perguntar ao autor onde conseguir as peças utilizadas com os melhores preços.

Aqui também existe uma espécie de 'pulo do gato', já que muitas vezes a mão de obra de um decorador compensa a economia feita na compra das peças em locais onde o profissional tem descontos, por exemplo. Por isso, não abra mão de fazer ao menos um orçamento com um especialista em decoração.

Também existem os aplicativos especializados em objetos para decoração com custo reduzido, que veremos a seguir.

6. Quais sites e aplicativos vendem projetos de custo reduzido?

Existem diversos apps que permitem montar um preview do seu projeto de decoração simulando como o ambiente ficará após as mudanças. Eles são extremamente úteis, principalmente por ajudar a visualizar opções de diferentes valores e perceber a diferença que a economia em determinada peça fará visualmente. Conheça, a seguir, alguns desses aplicativos.

Crie Suvinil

Oferecido pela fabricante de tintas Suvinil, com esse app mágico, é possível, a partir de fotografias do ambiente, saber qual será o resultado da mudança de cor das paredes. O mais incrível é que ele também simula diferentes tipos de luz sobre a nova cor, permitindo prever como ela reagirá durante o dia ou durante a noite. Ele é gratuito está disponível para iOS e Android.

Tok&stok DecoRA

Esse app disponibiliza o mock up em 3D de diversos produtos comercializados pela loja. Desse modo, a partir de uma foto do ambiente a ser decorado é possível incluir esses produtos na simulação e, até mesmo, mudá-los de lugar para ver onde ficam mais bem posicionados.

Além disso, também é possível, 'experimentar' a peça em diferentes cores e versões disponíveis no estoque da loja. Aplicativo gratuito, disponível em iOS e Android.

Conceito Duratex

O app funciona como os dois anteriores, porém, por meio dele é possível testar diversos tipos de pisos e painéis de madeira. Com a foto do ambiente no app será possível visualizar várias combinações entre o seu espaço e os revestimentos disponíveis no fabricante — disponível em iOS e Android.

MEPRO – Meça e Procure

Esse incrível aplicativo é capaz de poupar de um trabalhão, pois, a partir das medidas da sua cozinha e área de serviço, ele é capaz de indicar quais são aparelhos — como geladeira, fogão, máquina de lavar etc. — mais adequados para serem instalados em cada local.

Ele leva em consideração, além das medidas que você informar, as características dos principais modelos e marcas desses produtos disponíveis no mercado. Há apenas a versão de Android disponível para download.

Emolduras

Com esse app é possível fotografar os quadros que você deseja usar no seu projeto de decoração e simular onde pendurá-los, e com quais tipos de molduras eles combinam melhor. Além de ajudar você a acertar no acabamento da peça, ainda evita esburacar a parede à toa para pendurá-la em locais onde acabarão não ficando bem. Gratuito, disponível em: iOS

Color Snap

Outro app milagroso. Com ele você é capaz de encontrar a tinta na nuance exata de uma cor que você gosta e viu em algum outro ambiente, peça de roupa, objeto, ou até mesmo, na natureza. Basta fotografar a cor e deixar que o app faça o resto do trabalho. Também gratuito e disponível para iOS e Android

iHandy Level

É a versão digital das antigas ferramentas de nivelamento. Com esse aplicativo é possível verificar se um quadro está torto, por exemplo, ou se os pés de um móvel ou eletrodoméstico estão com a mesma altura. Ele é indispensável na finalização do seu projeto de decoração — existem versões para iOS e Android

Homestyler Interior Design

Mais um app sensacional, capaz de simular ambientes inteiros a partir de uma foto. Com seus modelos 3D de móveis, luminárias, objetos de decoração, pisos, revestimentos etc. é possível simular diversas combinações sobre a foto do cômodo que você deseja decorar. Desse modo, é possível saber exatamente o que ficará bom ou ruim no ambiente. Gratuito, disponível em: iOS e Android

Casa e Jardim – 500 dicas com soluções de decoração

Em um dos apps mais completos de decoração você será capaz de encontrar diversas dicas para organizar os brinquedos das crianças, destacar as fotos da família, restaurar objetos e móveis antigos, reaproveitar coisas recicláveis, criar ambientes com plantas ou que interagem com a natureza, entre muitas outras formas de incrementar o seu projeto de decoração. Vale muito a pena o download gratuito da ferramenta, disponível apenas para o iOS.

7. Quais cuidados devo tomar no planejamento do projeto de decoração?

Na hora de criar um projeto de decoração de baixo custo deve-se pensar também em sua longevidade. Por exemplo, as cores dos cômodos muito marcantes podem se tornar enjoativas com o tempo, por isso, se não pretende redecorar o seu apartamento novamente tão cedo, opte por cores mais neutras que sobressaiam uma peça ou outra mais colorida, que possam ser substituídas com mais frequência sem representar grandes gastos.

Outro cuidado a ser tomado é com a função de cada peça utilizada no projeto de decoração, já que os excessos podem atrapalhar não somente o seu orçamento, mas o ambiente em si. Como já foi mencionado, prefira peças que enfeitem, mas que também, sejam funcionais e lembre-se de que menos é mais.

8. Conclusão

Um projeto de decoração de baixo custo para o seu novo apartamento, como você pode ver ao longo deste post, não é assim tão difícil de ser criado quanto parece. Claro que requer um pouco de trabalho, organização, dedicação e planejamento, mas pode até se tornar gostoso e divertido de ser feito.

Mesmo que você opte pela ajuda de um decorador, contar com as ferramentas e métodos que você acabou de aprender, tornará o seu projeto de decoração muito mais pessoal, muito mais a sua cara, pois você não resistirá a participar ativamente de tudo.

E agora que você já sabe como criar um projeto de decoração de baixo custo para o seu apartamento novo, que tal assinar a nossa newsletter e receber muitos outros materiais tão úteis quanto este, diretamente no seu e-mail e gratuitamente?

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório