Decoração de cozinhas: o guia essencial

24 maio 2019

Para muitos, a cozinha deixou de ser um local exclusivo para o preparo das refeições e se tornou um dos principais ambientes de um lar. Afinal, é ali que ocorrem diversos encontros entre amigos e familiares, principalmente se esse cômodo estiver integrado à sala. Por conta disso, a decoração de cozinhas se tornou uma grande necessidade, ainda mais quando ela estiver em um apartamento compacto.

Afinal, em situações como essa, é necessário encontrar meios e realizar alguns truques para aproveitar, da melhor maneira possível, o pouco espaço existente. Com isso, a cozinha se torna prática, bonita e funcional.

Sabendo disso, trazemos neste guia absolutamente completo tudo o que você precisa saber para conseguir decorar, de maneira inteligente, a sua pequena cozinha. Dessa forma, após concluir a leitura deste artigo, você descobrirá os benefícios de ter uma boa decoração, como aproveitar melhor o espaço existente, como escolher os elementos desse ambiente, entre outras coisas. Podemos começar?

Quais são os principais benefícios de uma boa decoração para cozinhas?

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, fazer uma boa decoração para a sua cozinha traz vantagens que vão muito além de melhorar a estética desse cômodo. É óbvio que, ao dar a devida importância a essa tarefa, o ambiente ficará mais agradável, de modo a proporcionar um maior conforto aos moradores. Entretanto, existem outros benefícios que devem ser considerados.

Primeiro, independentemente do tamanho do cômodo, é possível aproveitar melhor o espaço existente ao fazer uma boa decoração. Em cozinhas muito grandes, se propõe uma forma de compor o ambiente para deixá-lo mais aconchegante. Enquanto nas pequenas, utilizam-se boas práticas para dar uma ideia de maior amplitude, o que evita a sensação de claustrofobia.

Além disso, uma boa decoração proporciona mais praticidade à cozinha, pois cada metro quadrado será pensado para facilitar o dia a dia dos moradores. Com isso, todas as suas necessidades serão atendidas, desde um local acessível para guardar determinados eletrodomésticos ou, até mesmo, a utilização de móveis multifuncionais para aproveitar melhor o espaço existente.

No entanto, é preciso ter cuidado ao fazer essa decoração. Afinal, para ser eficiente, a composição de espaço não se baseia apenas na escolha do melhor local para se colocar o fogão ou qual a cor mais bonita para os armários. É fundamental fazer alguns estudos para determinar a melhor maneira de posicionar os elementos, de modo a atender as necessidades dos moradores.

Para isso, em muitos casos, recomenda-se a contratação de um profissional para fazer o projeto de decoração da cozinha. Apesar de existir a falsa ideia de que isso é um investimento desnecessário e caro, o apoio de um arquiteto ou designer de interiores proporciona diversas vantagens que vão desde uma maior economia de tempo e dinheiro, além da certeza de que o resultado final será de seu agrado.

Quais são os principais elementos de decoração para cozinhas?

Como é possível perceber, existe uma tendência em transformar a cozinha num dos principais locais do apartamento, ainda mais quando esse imóvel é compacto e tem diversos ambientes integrados. Contudo, para aproveitar esse cômodo da melhor forma possível, é preciso que sejam usados alguns elementos obrigatórios.

Além de possibilitar mais praticidade para o dia a dia dos moradores, esses componentes deixam a cozinha organizada e proporcionam uma identidade própria a esse ambiente. Os principais elementos de decoração para uma cozinha são:

Armários e prateleiras

Sem dúvida nenhuma, os armários são um dos principais elementos de uma cozinha. Neles são guardados os mais variados utensílios e objetos, sendo que eles são fundamentais na otimização do espaço. Em conjunto com as prateleiras, é possível criar uma bela composição, a qual é cheia de estilo e que consegue traduzir a identidade e os gostos pessoais dos moradores.

Bancadas

Multifuncionais, as bancadas podem ser usadas para dar um ar de mais modernidade a um ambiente. Não é por acaso que muitas cozinhas compactas abusam desse elemento, pois ele pode ser usado durante a preparação da refeição, além de ser utilizado como mesa.

O mais importante é que as bancadas sejam fabricadas com um material que combine com o restante da decoração do apartamento. Além disso, é fundamental que ela apresente um tamanho proporcional e adequado ao espaço existente.

Iluminação

Dentre os vários elementos decorativos que uma cozinha deveria ter, a iluminação é um dos mais ignorados. Entretanto, caso esse ambiente consiga aproveitar o máximo desse componente, é possível criar uma decoração intensamente aconchegante. Além disso, uma cozinha bem iluminada facilita o preparo dos alimentos.

Azulejos

Muito utilizado para proteger as paredes da umidade e da gordura, os azulejos são um dos itens que merecem ser escolhidos com bastante carinho. Afinal, caso o modelo instalado não combine com o restante da cozinha, é possível que toda a composição seja prejudicada. Entretanto, devido à grande variedade de opções existentes no mercado, faz da escolha desse acabamento uma das etapas mais divertidas da decoração de uma cozinha.

Eletrodomésticos

Nos dias atuais, é impossível pensar em uma cozinha que não tenha nenhum eletrodoméstico. Afinal, esses aparelhos são essenciais no preparo e na conservação dos alimentos, além de proporcionar mais praticidade aos moradores do apartamento. Entretanto, é preciso escolher modelos que se encaixem perfeitamente na decoração, caso contrário, a composição do espaço será prejudicada.

Como escolher os móveis para uma cozinha?

Atualmente, com as diversas tendências de decoração existentes, há infinitas formas de compor o ambiente da cozinha. Além disso, para que esse cômodo possa oferecer a praticidade e a beleza que o morador anseia, é fundamental considerar alguns fatores ao escolher o mobiliário desse espaço.

Sabendo disso, reunimos a seguir uma pequena lista com algumas boas dicas do que é preciso considerar em um móvel para uma cozinha.

Considere o tamanho do móvel

Um dos maiores desafios para quem tem uma cozinha compacta é conseguir aproveitar a área existente da melhor maneira possível, de forma a deixá-la mais ampla. Por isso, antes de escolher um móvel, é fundamental fazer um pequeno projeto para verificar o que cabe nesse cômodo. Além disso, caso o morador opte por móveis prontos, é preciso medi-los para verificar se são grandes demais para o espaço disponível.

Veja a beleza do móvel

Quando o assunto é decoração de cozinhas, inevitavelmente é preciso considerar a estética do móvel que se pretende usar. Afinal, para que adianta todo esse prazeroso trabalho se a mobília não for realmente bonita, não é mesmo? Por isso, ao escolher os móveis, avalie o design da peça, veja se ela consegue se harmonizar aos demais elementos decorativos e se é esteticamente adequada ao ambiente.

Avalie as funcionalidades do móvel

Dentre os vários ambientes de uma residência, a cozinha é aquele que precisa ser o mais funcional, já que é ali que se prepara as refeições e se guarda os diversos utensílios. Por isso, ao escolher os móveis desse espaço, é fundamental considerar a funcionalidade oferecida pelo elemento. Veja o que essa peça tem a acrescentar ao cômodo, sua facilidade de limpeza e o que será facilitado na rotina dos moradores.

Considere a organização proporcionada pelo móvel

Pelo fato de ser um espaço utilizado para o preparo e o consumo de alimentos, é comum os moradores utilizarem a cozinha para armazenar os diversos utensílios usados durante as refeições. Por isso, caso não haja um certo cuidado, é comum o ambiente ficar bagunçado.

Por isso, ao escolher um móvel para esse cômodo, verifique a quantidade de gavetas, nichos e prateleiras da peça, além de tudo aquilo que favorecerá a organização desse espaço.

Opte por móveis de boa qualidade

Devido ao desejo de economizar, é comum as pessoas escolherem a opção mais barata. Entretanto, caso o morador deseje que os móveis de sua cozinha durem por bastante tempo, é fundamental considerar o custo-benefício dessa compra. Sendo assim, é necessário favorecer os fabricantes que são considerados confiáveis e que já tenham um nome consolidado no mercado. Além disso, avalie a matéria-prima do produto e o período de garantia oferecido.

Como deixar uma cozinha compacta mais espaçosa?

Devido ao espaço cada vez mais raro e caro nas cidades brasileiras, tem se tornado comum o lançamento de imóveis compactos. Dessa forma, é fundamental que uma pessoa que opte por morar em um apartamento desse tamanho encontre meios de deixá-lo com uma sensação de maior amplitude.

Por isso, reunimos algumas dicas simples do que fazer para deixar uma cozinha pequena mais espaçosa.

Invista em móveis planejados e multifuncionais

Quem tem uma cozinha pequena sabe o quanto é importante conseguir aproveitar o máximo de cada centímetro da área existente. Dentre as várias soluções encontradas no mercado, uma das mais eficientes são os móveis planejados. Eles se baseiam na produção de um projeto exclusivo, de modo a usar o espaço de forma inteligente para atender todas as demandas dos moradores.

Além disso, é possível integrar no projeto alguns elementos multifuncionais, os quais permitem a realização de várias tarefas em uma única peça. Esse tipo de móvel oferece mais praticidade ao morador, sem que para isso sejam necessários vários móveis que ocupam uma área maior.

Utilize as paredes

Sem nenhuma dúvida, as paredes são um dos maiores aliados de quem vive em um apartamento pequeno, pois se cria um espaço inexistente. Nas cozinhas elas podem ser usadas para sustentar os armários e os nichos de um móvel planejado.

Entretanto, nem sempre é possível investir nesse tipo de projeto — seja por causa da pessoa viver em um imóvel alugado ou devido a limitações orçamentárias. Em situações assim, uma boa solução é instalar prateleiras e nichos nas paredes, o que facilita a organização e, quando bem decorada, proporciona personalidade ao ambiente.

Use cores claras

O uso de cores claras é uma das formas mais clássicas para criar uma sensação de amplitude em um ambiente pequeno. Afinal, como esse tipo de tonalidade tende a refletir a luz com mais facilidade, as pessoas se sentem em um espaço mais amplo.

Sendo assim, uma decoração de cozinha pequena que explora tonalidades claras dá a impressão de que esse cômodo seja maior do que realmente é. Para proporcionar mais personalidade na composição do espaço, recomenda-se o uso pontual de elementos decorativos com cores mais vivas e marcantes.

Qual é a iluminação perfeita para uma cozinha?

A iluminação é um elemento essencial de qualquer projeto de decoração. Além de favorecer o uso do ambiente e destacar determinados detalhes do cômodo, um espaço com uma bela e correta iluminação tende a ser mais aconchegante. Dessa forma, é preciso ter uma preocupação com a luminosidade para que uma cozinha possa ser bem decorada.

Antes de pensar em qual lustre colocar, é fundamental valorizar a iluminação natural, pois ela deve ser priorizada em qualquer composição de ambiente. Sendo assim, é recomendado utilizar grandes janelas e tonalidades claras para maximizar a claridade originada do sol. Somente após aproveitar o máximo desse tipo de luminosidade que se deve pensar em quais recursos artificiais devem ser usados.

Outro ponto que não deve ser negligenciado é a temperatura e tonalidade das cores das lâmpadas. Pelo fato de a cozinha ser um cômodo que precisa de muita atenção durante o preparo das refeições, recomenda-se o uso de lâmpadas frias, com tonalidades mais brancas. Entretanto, esse tipo de iluminação não é tão acolhedor e aconchegante.

Para resolver esse problema, é preciso que esse ambiente tenha uma iluminação secundária, a qual utilize de lâmpadas quentes, com tonalidades amareladas, as quais deverão ser instaladas em spots e pendentes. Isso deixa a cozinha mais pessoal e harmoniosa, perfeita para divertidas reuniões sociais com familiares e amigos.

Quais são os principais estilos de decoração para cozinhas?

Muitas vezes é escolhido um estilo de decoração para proporcionar uma maior coerência entre os vários elementos que compõem um espaço. Além de optar por uma estética que mais se adéqua à personalidade e ao gosto pessoal do morador, ao seguir as características de determinado tipo de decoração, é possível facilitar a tarefa de compor uma cozinha.

Atualmente, existem diversos estilos de decoração, sendo que alguns se tornaram tendência e caíram no gosto do brasileiro. O estilo clássico é um dos mais tradicionais, pode ser considerado como atemporal, é marcado por linhas elegantes inspiradas nos elementos da arquitetura greco-romana. Mais indicado para as cozinhas maiores, esse estilo abusa das curvas e do excesso de detalhes.

Outra forma de decorar uma cozinha é utilizando elementos retrô, os quais são baseados em peças e móveis que estavam na moda durante as décadas passadas, principalmente entre as de 1950 e 1970. Também conhecido como estilo vintage, é preciso tomar cuidado para que não ocorra excesso de objetos e sobrecarregue o ambiente.

Agora, o estilo minimalista é um dos mais adequados para as cozinhas pequenas. Esse tipo de decoração utiliza o conceito de “menos é mais”, em que os poucos elementos decorativos são pensados para proporcionar beleza e funcionalidade ao ambiente. Uma das características mais marcantes é o uso de tonalidades neutras e o aproveitamento de cada centímetro da cozinha.

Já as cozinhas modernas são marcadas por espaços simples e funcionais, no entanto, utilizam mais elementos do que o estilo minimalista. Além de explorar o máximo da tecnologia dos elementos, esse tipo de decoração utiliza bastantes cores, texturas e formas geométricas.

Quais são as tendências de decoração de uma cozinha compacta?

Não é porque a cozinha de um apartamento é pequena que ela não consegue ser bela, organizada e prática. Afinal, caso ela seja decorada de maneira adequada, é possível que o morador aproveite essas diversas características, além de outras vantagens que apenas um ambiente compacto pode oferecer. Por ter uma área menor, esse tipo de cozinha apresenta fácil manutenção, organização e limpeza, além de proporcionar um ambiente acolhedor.

Contudo, para dar um ar mais moderno à composição desse ambiente, é preciso considerar algumas tendências de decoração. Uma delas é o uso de uma bancada, a qual pode ser uma ilha ou península. Por ser multifuncional, esse elemento facilita a preparação das refeições e ainda pode ser usado como mesa.

Para proporcionar um ambiente mais aconchegante e atual, instalam-se sobre a bancada algumas luminárias pendentes. Além disso, caso o morador tenha alguns utensílios bonitos, é possível deixá-los à mostra e utilizá-los como parte da decoração.

Outra tendência, ideal para as cozinhas compactas, é decorá-la utilizando o estilo minimalista. Com isso, utilizam-se poucos elementos, os quais são essenciais e proporcionam mais praticidade ao dia a dia dos moradores.

Quais são as cores que estão em alta para cozinhas?

Até pouco tempo, não se dava a devida atenção à decoração de uma cozinha, sendo que a maioria das residências tinha uma totalmente branca ou com armários amadeirados. Entretanto, com a evolução dos materiais, atualmente é possível escolher qualquer cor para proporcionar mais personalidade e sofisticação a esse cômodo.

Pelo fato de não existir uma regra para fazer a escolha das tonalidades de uma cozinha, é preciso defini-la de modo a trazer mais harmonia e equilíbrio à decoração. Em alguns casos, é possível criar um ambiente extremamente belo e acolhedor com combinações inusitadas e pouco usuais.

Apesar de ser recomendado o uso de cores claras na decoração de ambientes pequenos, nada impede o morador de utilizar na criação de sua composição. Mesmo que os tons neutros sejam predominantes, é possível utilizar cores vivas de forma pontual, o que oferece mais personalidade e alegria ao ambiente. Para isso, utilizam-se utensílios e elementos decorativos coloridos.

Caso o morador deseje ousar, é possível pintar algumas superfícies, como paredes ou, até mesmo, a bancada com cores vivas. Nesse caso, o mais importante é saber como harmonizar essa tonalidade com os demais elementos da decoração, de modo a não deixar o ambiente enjoativo.

Agora quem busca modernidade e sofisticação pode usar a tendência das cozinhas Total Black. Nelas o preto é a cor predominante dos armários, além de ser comum a exploração de objetos metálicos — como os eletrodomésticos em aço. Apesar de muitas pessoas acreditarem que cozinha preta pode ter um aspecto obscuro, ao ser bem usada, essa tonalidade deixa o ambiente mais contemporâneo e estiloso.

Outra tendência que tem ganhado espaço entre as cozinhas é o uso dos tons acinzentados. De forma semelhante ao preto, ao ser bem utilizada na decoração, essa tonalidade cria um ambiente mais sofisticado e elegante. Uma boa combinação é mesclar esse estilo com objetos em cores vivas, sendo que o amarelo se complementa quase perfeitamente com o cinza.

Quais são os erros mais comuns ao decorar uma cozinha pequena?

Apesar de muitas pessoas desejarem viver em um belo lar, é extremamente comum elas não darem a devida relevância à decoração de um ambiente. Em muitos casos, não há nenhuma forma de planejamento, o que resulta em erros que poderão custar caro aos moradores.

Por isso, reunimos uma pequena lista com os erros mais comuns que acontecem durante a decoração de uma cozinha compacta.

Não ter projeto ou planejamento

Infelizmente, muitas pessoas começam a decorar o seu lar sem ter o mínimo de planejamento para a execução dessa tarefa. Quando isso acontece, é muito comum os moradores escolherem elementos decorativos que não combinam entre si. Além disso, são comuns erros que seriam facilmente evitados com um projeto de decoração.

Para evitar situações como essa, caso o morador não tenha o interesse de fazer um projeto, o mais indicado é tirar as medidas da cozinha e fazer um pequeno layout considerando o tamanho do mobiliário que poderá ser instalado. Além disso, é preciso considerar o espaço de circulação das pessoas.

Usar móveis e eletrodomésticos grandes demais

Outro erro comum que poderia ser facilmente evitado caso existisse um projeto é a aquisição de móveis ou eletrodomésticos que não cabem na cozinha. Muitas vezes, o morador se encanta com determinado objeto e acaba o comprando sem verificar se ele conseguirá se encaixar no espaço existente.

Uma boa dica é, com a ajuda de uma fita adesiva, marcar no chão da cozinha o local em que ficarão os móveis e eletrodomésticos. Com isso, o morador conseguirá ver com mais facilidade o tamanho máximo do elemento que ele pode comprar.

Optar por uma cozinha com ilha em um espaço compacto

É inegável o quanto é bom ter uma ilha na cozinha, pois, além de facilitar a vida dos moradores, esse elemento proporciona mais sofisticação ao ambiente. Entretanto, para conseguir ser confortável, é preciso que exista um espaço de, no mínimo, 80 cm ao redor dessa bancada para circulação. Contudo, muitos proprietários de imóveis compactos acabam instalando esse elemento em suas cozinhas, o que acaba por deixá-la apertada e pouco funcional.

Como é possível perceber, existem várias formas de se pensar uma decoração para cozinhas. Assim, independentemente do tamanho que ela tenha, é possível criar um cômodo belo, confortável e funcional, o qual atenderá todas as necessidades e anseios de seus moradores.

Caso você tenha gostado dessas dicas sobre decoração de cozinhas e deseja receber as últimas novidades de nosso blog em sua caixa de e-mail, não deixe de assinar nossa newsletter. Até a próxima!

Imagem galeria
Imagem galeria
Imagem galeria
Imagem galeria
Imagem galeria
Imagem galeria

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório