Decoração sustentável: 4 dicas de como adotá-la

09 dezembro 2016

A decoração sustentável é uma tendência que tem feito muito sucesso entre os brasileiros, que estão cada vez mais preocupados com o consumo consciente e com a questão ambiental. Além disso, outro bom motivo para esse tema ser tão atual é o fato de que, com a crise, os gastos precisarem ser reduzidos, e a decoração sustentável é uma excelente forma de economizar.

Se você gostou da ideia e pretende aderir a essa tendência, acompanhe agora as 4 dicas que selecionamos para colocar em prática seu projeto de decoração sustentável.

1. Acompanhe as tendências 

A tendência de decoração sustentável consiste em aproveitar itens que seriam descartados e revitalizá-los de modo que possam ser reaproveitados. É possível ainda dar novas finalidades a objetos que têm um uso comum e específico.

Por exemplo, malas antigas que seriam jogadas no lixo podem ser usadas empilhadas para formarem uma mesa de cabeceira original e moderna. Potes de vidro de palmito podem ser fixados em uma tábua lisa de madeira para montar um painel utilitário para a cozinha a fim de guardar mantimentos ou utensílios, dentre outras muitas ideias.

2. Priorize a criatividade

Não precisamos falar muito para você perceber que, quando o assunto é decoração sustentável, a criatividade é a peça-chave e deve ser usada sem moderação, não é? O céu é o limite nesse quesito, e muitas são as possibilidades de transformar objetos e mudar totalmente os ambientes da casa por meio de uma decoração criativa, original e inusitada.

3. Faça você mesmo uma decoração sustentável

Para explorar a criatividade, a melhor maneira é colocar a mão na massa e fazer você mesmo os itens de decoração sustentável para a casa. Na internet existem inspirações muito interessantes que podem ser utilizadas em praticamente todos os cômodos.

Livros podem ser empilhados e se transformarem em mesa de centro para a sala; rolhas de vinho podem se transformar num painel para fotos ou em descansos para panelas; até pneus usados podem entrar na onda da sustentabilidade e serem forrados com tecidos para funcionarem como mesa de apoio ou pufe, se forem preenchidos com enchimento adequado.

Todos os exemplos citados evidenciam que as possibilidades são inúmeras e os custos para reaproveitar e reutilizar objetos velhos e sem uso são muito baixos se comparados à aquisição de itens novos nas lojas.

4. Reaproveite móveis inutilizados

Reaproveitar móveis inutilizados também é uma alternativa bastante recomendada quando o assunto é decoração sustentável.

Para o quarto da criança que já cresceu e passou a usar a cama, o berço pode virar uma mesa de desenho ou deveres de casa, tipo escrivaninha, bastando que uma das laterais do móvel seja retirada e, no lugar dela, seja encaixada uma cadeira para a criança se acomodar. Os pallets, aqueles estrados de madeira usados em mercados, estão sendo amplamente usadas na decoração moderna, pois são muito funcionais e adaptáveis a diversas possibilidades.

Em escritórios, podem ser usados como nichos para guardar documentos, livros e até pequenas plantinhas decorativas. Na sala, servem de mesa de centro, mesa lateral e até mesmo substituindo o tampo da mesa de jantar.

Os pallets também podem ser aproveitadas como estrado para um sofá de futons. Para isso, basta usá-los como base e colocar os futons e as almofadas por cima. Nos quartos, podem ser pintados e preparados para funcionar como um baú para guardar roupas de cama e banho, ou o que mais se fizer necessário. Assim, para uma decoração sustentável, bonita e econômica, pesquise referências interessantes, vasculhe seus objetos que estão guardados sem uso e abuse da criatividade, pois certamente os resultados serão surpreendentes!

Agora que inspiramos você a fazer uma decoração sustentável em casa, que tal divulgar essas dicas? Compartilhe nossas ideias em suas redes sociais e ajude seus amigos a repaginar a casa!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório