Dicas para decorar a casa com um orçamento enxuto | Blog Corporativo MRV Engenharia -€“ Mercado Imobiliário e lançamentos de apartamentos e casas

Encontre seu imóvel

Dicas para decorar a casa com um orçamento enxuto

12 fevereiro 2015

1 comentários

DSC_0062


Você vai usar porcelanato, madeira ou piso vinílico? E a mão de obra? Que cor você vai pintar a parede? Qual a quantidade de tinta você deve comprar? Você vai comprar móveis novos? E as luminárias, torneiras e outros acessórios? Isso sem falar em quadros, tapetes, peças decorativas… A ideia de comprar tudo isso pode ser assustadora, ainda mais quando o dinheiro está no limite! Mas acalme-se, para tudo nessa vida há um jeitinho. Separamos aqui algumas dicas que podem ajudá-lo a deixar a sua casa linda sem precisar gastar rios de dinheiro.


DSC_4252


1. Planeje (ou projete) antes de começar!
Tenha uma coisa em mente, se muitas vezes seguindo um planejamento ou um projeto já é fácil de se perder, imagine fazer isso sem planejamento algum? Quase impossível! E pra quem não tem muito dinheiro, se perder no meio da obra não é uma coisa muito bacana, afinal de contas, ninguém quer se encontrar em uma situação em que encontrou o sofá perfeito e logo depois descobriu que o armário de canto que já havia sido encomendado (e pago) não vai caber naquele espaço. Um pouco de trabalho braçal de antemão irá reduzir drasticamente a probabilidade de encontrar uma surpresa desagradável como essa ao longo do caminho.


DSC_9762


2. Considere reformar coisas que você já tem
Está certo que reformar ou mandar reformar um móvel não é tão legal quanto esperar móveis novinhos em folha chegarem. E isso se estende para limpeza de pisos, pedras, revestimentos, etc. Mas um pouco de mão na massa pode poupar bastante dinheiro para alguma outra coisa um pouco mais legal no futuro.


DSC_3909


3. Se tiver que gastar dinheiro, use-o para bons móveis!
Trabalhar com orçamento apertado é basicamente priorizar o gasto, ou seja, deixe para gastar em coisas úteis e importantes para o ambiente. E para o design de interiores, isso significa alocar boa parte desse dinheiro em móveis de qualidade.


DSC_3813


4. Considere móveis de segunda mão
Móveis planejados são ótimos na teoria, mas nem sempre na prática ($$$). Cabe dizer que, normalmente, contratar um marceneiro pode sair bem mais em conta do que uma loja de móveis planejados, mas isso não quer dizer que o valor final do trabalho do marceneiro seja tão barato assim. Então, vale partir para os móveis comprados prontos onde a oferta de preços é bem maior.


DSC_3819


5. Lembre das cores
Uma das maiores verdade do design de interiores é: cor é barato! Comparando-a com outros elementos de decoração, tinta custa muito pouco. Acessórios como almofadas e pôsteres, mais barato ainda!


Fonte: Limaonagua

Comentários

Erivania
Erivania disse: 09 maio 2015
Ótimas opções!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório