5 Eletrodomésticos para apartamentos pequenos que você precisa ter

15 julho 2021

Eletrodomésticos essenciais para um apartamento pequeno

Existem muitas formas de aproveitar de forma inteligente espaços pequenos: integrar espaços e investir em móveis multiúso são maneiras bem criativas. Outra opção que atende o objetivo é buscar modelos de eletrodomésticos para apartamentos pequenos.

Existem muitas versões no mercado, com medidas que se adaptam aos menores cantinhos.

Alguns produtos também combinam diferentes funções, o que evita o excesso de volume no ambiente. A dica, portanto, é que você fique de olho nessas alternativas, antes de mobiliar as áreas residenciais.

Acompanhe as nossas dicas e saiba como escolher, sem medo de errar!

Quais são os melhores eletrodomésticos para apartamentos pequenos?

Itens compactos e multifuncionais são apostas perfeitas para mobiliar esse tipo de imóvel. A vantagem é que o mercado anda cada vez mais diverso, oferecendo produtos para todo gosto ou necessidade.

Isso significa que não é difícil encontrar móveis e eletrodomésticos para locais pequenos.

Além da variação nos tamanhos, é possível encontrar mercadorias com diferentes cores e estilos. Vale a pena observar todas as opções até encontrar um modelo que ocupe pouco espaço e ainda harmonize com a decoração. Veja as nossas sugestões.

1. Cooktop

Também conhecido como fogão de mesa, ele difere do convencional por ficar apoiado sobre um armário ou bancada.

Ou seja, o produto é composto por uma superfície plana, geralmente feita de vidro ou inox, que suporta as bocas e um conjunto de botões para acionar as chamas.

cooktop pode funcionar a gás, mas o ideal é priorizar os modelos elétricos ou por indução.

Assim, você já elimina o botijão, que costuma ocupar um bom espaço da cozinha ou lavanderia. Outro ponto que colabora para a economia de área é a ausência de forno.

2. Forno elétrico

Esse é mais um produto essencial entre os eletrodomésticos para apartamentos pequenos, principalmente se você gostou da ideia de ter um cooktop.

forno elétrico permite preparar todo tipo de receita e não perde em nada para os modelos que vêm dentro de fogões convencionais.

Como muitos itens, ele pode ser encontrado em acabamentos discretos ou mais ousados, como aço escovado e detalhes espelhados.

Por ser compacto, é possível mantê-lo dentro de nichos, sobre bancadas ou apoiado em prateleiras reforçadas. É um ótimo produto para deixar exposto e complementar a 
decoração da cozinha.

3. Micro-ondas

Queridinho das pessoas que gostam de praticidade, esse eletrodoméstico também não pode faltar em um apartamento pequeno. Isso porque facilita o preparo de receitas rápidas, além de ser um aliado na hora de aquecer alimentos.

Com ele, a ideia de sujar panelas para esquentar coisas prontas vai sumir, de vez.

Da mesma forma que os fornos elétricos, o micro-ondas pode ser mantido em diferentes superfícies da cozinha. Modelos pequenos são mais leves e podem ser trocados de lugar com facilidade, o que economiza tempo e esforço dos moradores.

Assim, quando quiser, você sempre terá condições de fazer adaptações.

4. Fritadeira elétrica

fritadeira elétrica vem conquistando espaço de destaque, assim que passou a ser comercializada em diferentes lojas.

Os motivos são muitos: preço atrativo, variedade de modelos e otimização no preparo de vários ingredientes, como carnes, massas e até legumes.

Esse produto também evita a necessidade de usar óleo nas receitas, o que torna a alimentação mais saudável. Com pouca ou nenhuma gordura, a sujeira diminui.

Não é à toa que a fritadeira elétrica entra facilmente na lista de eletrodomésticos para apartamentos pequenos. De quebra, pode ser guardada no 
armário da cozinha, quando não estiver em uso.

5. Lava e sseca

Esse produto concentra duas funções básicas para o cuidado com as roupas e outros tecidos. Afinal, cumpre o processo de lavagem e de secagem em um único ciclo.

Isso significa que você não precisa ter um tanquinho ou lavadora comum e complementar esse item com uma centrífuga separada do conjunto.

Mais eletrodomésticos presentes na lavanderia resulta em menos espaço para circular e desempenhar as tarefas diárias.

Portanto, se possível, priorize a compra de uma 
lava e seca de qualidade. Ao apostar em um único produto, você pode até escolher um modelo que tenha maior capacidade.

Como dispor os eletrodomésticos e outros itens da melhor forma?

Sabemos que custo-benefício é um dos fatores considerados no momento da compra de eletrodomésticos. Porém, existem outros detalhes que você precisa avaliar para evitar arrependimentos e fazer com que o investimento compense.

Cuidados na hora de verificar as dimensões dos produtos, por exemplo, permitem 
aproveitar cada centímetro do imóvel, da melhor forma. Veja agora como começar esse processo de adequação.

Tire as medidas

Mesmo que você peça ao vendedor que indique eletrodomésticos para apartamentos pequenos, não se prenda a achismos.

Evite confiar apenas em palpites sobre a área disponível. Nossos olhos enganam e, nessa brincadeira, o risco de levar produtos que não cabem no imóvel aumenta.

A saída é sempre tirar as medidas com uma régua ou fita, a fim de anotar os centímetros livres para dispor os produtos.

Faça isso com cada espaço que receberá um novo eletrodoméstico ou eletroportátil. Depois, tenha esse papel em mãos na hora de ir a uma loja ou pesquisar mercadorias em sites.
 

Avalie o tipo de instalação

Os procedimentos necessários para instalar um eletrodoméstico também devem ser observados antes da compra. O objetivo é se certificar de que os produtos são realmente compatíveis com a estrutura presente no imóvel.

Ao procurar eletroportáteis, como torradeira, liquidificador ou cafeteira, verifique se eles não precisam de tomadas especiais para que funcionem. Se o local não estiver adequado, você terá produtos inutilizados e que, com o tempo, só vão ocupar mais espaço.

Disponha de itens maiores primeiro

Por fim, tenha atenção no momento de compor o ambiente. Uma boa forma de otimizar o espaço é começar a disposição pelos itens maiores.

No caso da cozinha, por exemplo, inicie o processo com a geladeira, depois passe para o fogão, e siga a ordem conforme o tamanho.

Móveis volumosos, como armários e bancadas, também devem entrar nesse planejamento. Só ao final é que você deve prever áreas para abrigar os produtos mais compactos, como o micro-ondas.

Produtos portáteis serão os últimos e podem permanecer elevados, sobre nichos ou prateleiras, ocupando apenas espaço vertical.

O que achou das sugestões de eletrodomésticos para apartamentos pequenos? Se você já tem algum exemplar e precisa adquirir outros modelos, avalie o que é prioritário na próxima compra.

Pense nas necessidades da sua rotina e, aos poucos, terá conquistado tudo o que considera essencial.

E já que o assunto envolve produtos de cozinha, aproveite também para conferir as diferenças entre coifa ou depurador de ar!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório