Entenda mais sobre o que é a energia fotovoltaica

14 janeiro 2022

Placas de energia fotovoltaicas em uma usina solar

A energia fotovoltaica é a absorção da irradiação solar, convertida diretamente em energia elétrica. Quanto mais forte for a radiação solar, maior será a quantidade de energia. No entanto, mesmo em dias chuvosos e nublados, a produção de energia continua a funcionar.

No Brasil, a energia fotovoltaica está em constante crescimento. Isso porque é considerada uma tecnologia de energia limpa e sustentável, baseada em um tipo de produção abundante, pois depende do sol para ter bons resultados.

Muitas regiões, inclusive, têm um potencial gigante, e isso pode trazer muitos reflexos na qualidade de vida. Quer saber mais? Vamos mostrar o que é energia fotovoltaica e como a MRV a aplica, na prática, em seus empreendimentos.

O que é energia solar?

Ela é feita por meio de um módulo fotovoltaico, conhecido como painel solar e placa solar fotovoltaica, que tem a função de converter energia solar em corrente elétrica, além de um inversor que visa realizar a conversão da energia elétrica do módulo de corrente contínua para corrente alternada, para que a energia possa ser utilizada nas residências. Trata-se de um modelo capaz de trazer economia para os usuários, utilizando, de maneira sustentável, a eletricidade.

Quais são as principais características da energia solar?

Considerada, inicialmente, como um recurso mais complexo e de alto custo, a energia fotovoltaica se transformou em uma tendência do mercado que trabalha com diversas soluções para popularizar o processo de instalação, por exemplo. Outro destaque fica por conta da baixa necessidade de manutenção, que também interfere nos custos, agrega ao valor final do imóvel, traz bom custo-benefício e o uso de tecnologia de ponta.

O funcionamento das chamadas células fotovoltaicas é a base da energia solar, sendo que elas têm cerca de 35 microns de espessura, na prática, isso representa menos de 2 mm. A fabricação é feita a partir de cristal de silício ultrapuro, que age como semicondutores. Dessa forma, diante de uma reação físico-química, a luz do sol é transformada em eletricidade.

As células estão relacionadas a 60% do custo do painel solar e são protegidas por vidro temperado classificado como de alto desempenho. Isso porque ele precisa lidar bem com o impacto de fortes chuvas de granizo durante o verão, por exemplo. Além disso, os vidros devem ter baixo teor de ferro, com o intuito de refletir o mínimo possível de luz e aumentar a passagem de luz do sol até as células.

Quais os benefícios da energia fotovoltaica?

Se você está em dúvida sobre quais são os benefícios da energia fotovoltaica, saiba que isso vai muito além da diminuição de custos com as contas de luz.

Esse recurso totalmente renovável proporciona redução das taxas de emissão de carbono e da poluição, por ser um processo considerado limpo, especialmente, quando comparado com as usinas telemáticas, que usam carvão mineral.

Como resultado, é possível afirmar que o imóvel que conta com energia fotovoltaica se transforma em uma opção energeticamente sustentável.

Onde instalar as placas de energia solar?

Esse sistema pode ser instalado em edifícios residenciais e comerciais, de acordo com as normas regulamentadoras, sendo necessário ter o projeto aprovado e a utilização dos materiais validados pela companhia elétrica, que irá até o local da obra para atestar e, então, autorizar o seu funcionamento.

De acordo com o diretor-geral da Construtora Santa Rosa, o engenheiro Luiz Fernando Silva Borges, tomando os devidos cuidados e agindo conforme a regulamentação, ter o sistema de energia fotovoltaica nos edifícios traz muitos benefícios aos moradores.

O investimento vale muito a pena quando o valor global da instalação do sistema é diluído ao longo dos anos. Colocar tudo na ponta do lápis se torna ainda mais vantajoso se  o proprietário da casa ou imóvel comercial tem outras coisas em seu nome. Assim, o saldo da energia fotovoltaica, que é a quantia que não foi consumida durante o mês, fica disponível para uso posterior.

Quando compensa colocar energia solar?

Em 2019, o mercado de energia solar no Brasil atingiu números recordes com o crescimento de mais de 212%, segundo a ANEEL. Mesmo se a sua conta de luz não costuma vir muito alta, pode valer a pena investir em energia solar, porque esse processo permite economizar até 95% na conta de consumo e suprir 100% da necessidade energética do imóvel.

Ou seja, se a conta de luz vem mais de 300 reais mensalmente, já é possível aproveitar todos os benefícios. Outro detalhe que deve ser mencionado é que um sistema de energia fotovoltaica costuma durar cerca de 25 anos em perfeitas condições e baixos custos relacionados.

Como a MRV utiliza a energia fotovoltaica?

A MRV tem investido em projetos de energia limpa e sustentável na grande BH, onde a energia fotovoltaica está especificada em projeto e, segundo Luiz Borges, a ideia básica da utilização deste sistema é a redução do custo das faturas de energia elétrica.

A instalação desse sistema não é muito barata, pois envolve diversos fatores e regulamentações, como já citados acima. Porém, segundo o engenheiro, é algo caro agora, mas que trará enormes benefícios e economias no futuro. Ainda de acordo com Borges:

A energia fotovoltaica eleva o valor global da obra. Aparentemente, em uma primeira análise, pode parecer mais caro, pois a obra, que antes tinha fundação, estrutura, instalações e acabamento, a partir de agora, terá a inclusão da energia fotovoltaica, que deverá está contemplada nos itens de instalações.

Se analisarmos as obras civis nos modelos informados anteriormente, certamente, o valor global da que tiver energia fotovoltaica será maior. Mas, se diluirmos o custo de instalação do sistema ao longo dos meses e somarmos a possibilidade de utilizar o saldo, podemos afirmar, de maneira categórica, que o investimento vale a pena.

Em quais tipos de empreendimentos existe energia solar?

A energia fotovoltaica está presente em dois tipos de empreendimentos. No primeiro modelo, esse tipo de energia limpa é usada no abastecimento de eletricidade das áreas comuns do condomínio.

Já no segundo, acontece a constituição completa, em que a usina fornece a geração de energia solar também para os espaços coletivos e apartamentos. Oferecemos os dois tipos de empreendimentos. Em um deles, a usina fotovoltaica é instalada para abastecer a demanda de eletricidade das áreas comuns.

Nos outros, que ainda são minoria, há uma constituição completa: a usina fornece para os espaços coletivos e também para os apartamentos.

No ano de 2019, a MRV lançou 17 empreendimentos com o segundo modelo, e o objetivo é que, cada vez mais, esse tipo de fornecimento cresça para os clientes.

Depois disso, em 2020, foi inaugurada uma usina solar MRV com 2 mil painéis fotovoltaicos, que resultam em uma potência instalada de 700 kWp e 70% dos empreendimentos já lançados com placas fotovoltaicas.

Como acontece a manutenção do sistema?

Uma dúvida muito recorrente em relação ao sistema de energia fotovoltaica é sobre a manutenção. Saiba que essa é, justamente, uma das maiores vantagens de contar com energia solar, já que as centrais de produção dependem de poucas manutenções, ao longo do tempo.

E, quando isso acontece, as manutenções são muito simples, sendo que o próprio morador pode fazer, guiando-se por orientações básicas. De maneira geral, basta limpar os painéis solares, sempre que necessário.

Lembrando que é possível identificar, de longe, se estão sujos ou não. Essa higienização acontece apenas com água e um pano.

Como não exige a presença de um técnico, o custo de manutenção tende a ser baixo e o processo pode ser realizado apenas uma vez por ano, ou depois de períodos extensos de chuva. Mas, claro que tudo depende da região em que o imóvel fica e da quantidade de resíduos após mudanças climáticas.

Como as ações da MRV transformam o mundo?

Em Belo Horizonte, a energia solar fotovoltaica é bastante desenvolvida, tendo atraído cada vez mais um número considerável de adeptos, por conta de sua sustentabilidade e, claro, economia.

Sempre focada em soluções inovadoras e que agregam valor ao dia a dia dos clientes, a MRV conta com um sistema em que a energia gerada pode ser usada normalmente por equipamentos eletrônicos, iluminação e utensílios em geral.

Sem contar que a energia não utilizada é disponibilizada para a rede pública. Desde novembro de 2020, a MRV inaugurou sua primeira usina solar, localizada em Uberaba/MG.

O principal objetivo, aqui, é gerar energia limpa para ser consumida em escritórios, plantões de vendas e canteiros de obras da companhia em Minas Gerais. Agora, você já sabe o que é energia fotovoltaica e como ela impacta na redução de custos.

Por se tratar de uma alternativa cheia de vantagens, os imóveis que contam com esses recursos agregam um conceito de sustentabilidade também na vida dos moradores. E isso, em longo prazo, faz toda a diferença no meio ambiente e na qualidade de vida.

Pronto! Agora ficou claro o que é energia fotovoltaica e como ela é inserida nos imóveis da MRV. O grande segredo é que esse tipo de sistema muda não somente a qualidade de vida, como também reduz os custos no bolso e faz muita diferença na perspectiva de cada morador, por mostrar os benefícios de ter uma rotina com escolhas sustentáveis.

Curtiu o post? Então, leia mais sobre como a MRV utiliza a energia fotovoltaica e transforma seus imóveis, por meio de soluções sustentáveis, na medida certa.

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório