Hortas para pequenos espaços

05 janeiro 2016

Sem Título-1
Não é só moda: as pessoas estão se dando conta de que plantar faz bem. Fugir para o campo ou, pelo menos, aproveitar a sombra de uma ou duas árvores no quintal de casa são desejos cada vez mais comuns.

No entanto, para a enorme parcela da população que mora em pequenos apartamentos, esse sonho parece impossível. Afinal, cada planta precisa de sol, umidade e espaço em quantidades muito específicas, que parecem impossíveis de serem reproduzidas quando até os móveis brigam por espaço nos poucos metros quadrados disponíveis no lar.

Mesmo assim, é possível usar a criatividade e criar hortas para pequenos espaços, desde que se preste atenção a alguns pontos importantes. Confira quais são eles!

Respeite a natureza das plantas
Não dá para querer alimentar toda a sua família com os produtos da sua horta se você não tem espaço suficiente para isso. Por mais que você goste de temperos mediterrâneos, não conseguirá plantá-los se não tiver nenhum lugar em casa que tenha incidência direta de luz solar. Os desafios da horta para pequenos espaços quase sempre envolvem plantas que morrem porque o espaço onde estão não é adequado para elas.


Pesquise muito bem sobre as necessidades de cada muda, prepare os vasos furando o fundo deles e cobrindo sua primeira camada com cacos de telhas, argila expandida ou pedrinhas antes de preenchê-lo com terra. Dê preferência para vasos mais espaçosos — hortas em pequenas latinhas ou canecas são lindas, mas poucas são as espécies que conseguem se desenvolver com tão pouca terra.

Conheça seus gostos
Depois de entender o que os seus recursos permitem, está na hora de escolher as plantas que farão parte da sua hortinha. Gosta de temperos e ervas aromáticas? Ou prefere tomates-cereja e cenouras? A escolha é toda sua!
Lembre-se de pesquisar quais plantas podem ficar no mesmo vaso que outras sem competir por nutrientes — hortelã, por exemplo, precisa de um espaço exclusivo. Além disso, não se preocupe em ter uma horta completa: com o tempo, você pode trocar ou ganhar sementes e mudas em encontros feitos para isso.


Cuide bem da sua horta para pequenos espaços
Forneça água e adubo de acordo com as necessidades de cada espécie e com o clima de onde você mora. Vasos pequenos perdem a umidade muito rápido, então pode ser necessário regar sua horta duas vezes por dia: de manhã e à noite. Além disso, complete a terra do vaso ocasionalmente.


Há quem acredite que carinho é fundamental, e isso vai além de conversar com as plantinhas: mantenha a terra fofa e tire as folhas secas. Um mimo para espécies de climas úmidos é molhar suas folhas com um bico de pulverização.

Use sua criatividade
Sabe aquelas hortas lindas que você vê em revistas e pela internet? Você também pode ter uma dessas! Garrafas PET, caixas de feira, paredes… tudo isso pode te servir de apoio ou de matéria-prima: basta colocar a mão na massa!

Divirta-se!
Hortas são muito divertidas! Você vai gostar de ver as folhas e os frutos crescendo depois de todo o cuidado que você teve. E o melhor: tudo isso poderá terminar nos seus chás ou na sua salada.

E então, já sabe como será sua horta para pequenos espaços? Quais são suas plantas preferidas? Conte-nos nos comentários!

Imagem galeria

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório