Iluminação do apartamento: 5 dicas para inovar na decoração | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Iluminação do apartamento: 5 dicas para inovar na decoração

30 maio 2017

Seja para deixar os ambientes mais aconchegantes ou ampliá-los, a boa iluminação do apartamento é essencial para realçar a decoração e deixar a residência com visual elegante. A distribuição correta da luz, bem como os diferentes posicionamentos de lâmpadas, é elemento essencial para destacar lugares específicos do imóvel e criar variados estilos de décor.


Foto: Decorado Spazio Jardim de Hanover, em Joinville.

Dessa forma, a iluminação cumpre não apenas sua função básica, mas também a de valorizar objetos, cores, detalhes arquitetônicos e de transformar os lustres e abajures em itens com maior relevância decorativa. 

Pensando em te ajudar nessa tarefa de planejar a composição luminosa de seu lar, selecionamos neste post 5 dicas para inovar na decoração. Veja:

1. Invista nos spots para destacar elementos

Usar spots no teto, próximo a cabeceiras de cama e até mesmo em prateleiras é uma ótima opção para destacar determinados elementos. Por exemplo: se você deseja realçar a beleza de uma parede estampada ou colorida, aplique pontos de luz direcionados a ela. O mesmo vale para quadros, degraus e cortinas. 

Esse tipo de iluminação embutida é recomendado a salas de estar e jantar e quartos. Além disso, é interessante utilizar lâmpadas de cor amarelada para criar o efeito de luz e sombra. Assim, você dá um ar aconchegante e elegante ao ambiente. 

2. Use lâmpadas de LED

As lâmpadas de LED são mais econômicas, duráveis e iluminam bem, dando aos espaços aparência sofisticada. Você pode escolher entre as brancas, amarelas e modelos de fita para compor diferentes arranjos no apartamento.

Essas lâmpadas são bastante usadas em banheiro, cozinhas e ao redor de espelhos, porque permitem um visual clean e melhor visibilidade. Contudo, a aplicação delas cabe a todos os cômodos.

3. Escolha temperaturas diferentes para cada ambiente

Cada espaço da residência tem uma função. O quarto, por exemplo, é lugar destinado a descanso, e o home office é para concentração e realização de tarefas. Por isso, as temperaturas da iluminação do apartamento podem alternar, atendendo às variadas atribuições de cada ambiente. 

Sendo assim, prefira lâmpadas de branco frio 6000K para cômodos da casa que precisam ter aparência clean (banheiros, home office, cozinha), e as de branco quente 3000K para lugares de relaxamento (salas e quartos). Você também pode misturar essas duas temperaturas de cor para criar arranjos diferentes.

4. Distribua a iluminação de maneira correta

Independentemente da escolha de estilo de iluminação (clean, luz e sombra, direta, etc.), é muito importante que a distribuição seja feita da forma correta. Se atentando a esse detalhe, você evita erros de composição e garante um visual elegante aos ambientes da residência.

Para isso, invista em pontos de luz embutidos, lâmpadas de qualidade, cores adequadas e fitas de LED, que te ajudarão a alcançar esse efeito.

5. Selecione luminárias que combinem com a decoração

Agora que você já decidiu as temperaturas das lâmpadas, os modelos e o posicionamento, é necessário adquirir luminárias funcionais e correspondentes ao décor. Então, analise qual estilo mais se encaixa com o restante dos itens decorativos e invista em variados modelos (pendentes, lustres, plafons e arandelas, por exemplo).

Unindo a beleza das luminárias ao arranjo luminoso bem planejado, a decoração recebe destaque. Dessa maneira, é possível combinar a iluminação do apartamento com os diversos elementos de cada cômodo e aplicar efeitos estilosos. 

Gostou destas dicas? Compartilhe-as com seus amigos nas redes sociais e veja o que eles acham! Até a próxima!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório