Imóvel novo ou usado: qual vale mais a pena?  | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Imóvel novo ou usado: qual vale mais a pena?

17 dezembro 2017

Uma dúvida recorrente de quem está buscando uma casa ou um apartamento para comprar é em que tipo de imóvel vale mais a pena investir: imóvel novo ou usado?

Neste post listamos algumas vantagens e desvantagens de cada um deles. Continue a leitura do conteúdo e descubra qual é a melhor opção para você!

Imóvel novo

Vamos começar analisando as vantagens de adquirir um imóvel novo. Elas não são poucas:

Pagamento facilitado

Optar por um imóvel novo e ainda não habitado traz inúmeras vantagens ao comprador. A primeira delas diz respeito à forma de pagamento. Se você escolher uma unidade na planta, por exemplo, poderá negociar com a construtora ou incorporadora condições bem vantajosas.

Muitas vezes, antes do início da obra paga-se apenas parte dos juros ou da amortização da dívida, o que deixa as prestações iniciais bem mais em conta.

Mais lazer e serviços

No caso dos condomínios, uma das grandes diferenças entre os empreendimento novos e antigos é a oferta de áreas de lazer e serviços. Antigamente não havia tanta preocupação em oferecer essas comodidades aos moradores, e esse tipo de estrutura não era tão abundante quanto é nas novas construções, onde há playgrounds, academia, piscinas etc.

Menos gastos com manutenção

Justamente pelo fato do imóvel ser novo, a chance de enfrentar incômodos ocasionados pelo desgaste e pelo uso prolongado inexiste nessas unidades. Se houver algum problema, você ainda pode contar com a garantia oferecida pelas construtoras, que geralmente é de cinco anos.

O modelo de construção também privilegia a demanda dos moradores, o que se reflete, por exemplo, na disposição dos cômodos ou em itens estruturais como a rede elétrica já adaptada ao consumo das famílias dos dias de hoje, com amplo uso da internet e de equipamentos eletrônicos. Isso pode parecer um detalhe menor, mas pode virar um problema em um imóvel mais antigo.

Agilidade com a documentação

Quando uma incorporadora está habilitada a comercializar um empreendimento novo, é porque ele já está devidamente regularizado. Dificilmente haverá problemas no seu registro ou na transferência de propriedade. Em imóveis antigos é comum haver embaraços legais que comprometem a conclusão do negócio.

Imóvel com a cara do dono

Também é mais fácil deixar um imóvel novo com a organização e decoração ao seu gosto. Dependendo do caso, ainda durante as obras é possível escolher detalhes como pisos, texturas, lustres e móveis sob medida. Em uma casa ou um apartamento usado, provavelmente você terá que gastar com reformas consideráveis para deixá-lo com a cara do dono.

Imóvel usado

Caso você opte por um imóvel usado, poderá contar com as seguintes vantagens:

Preço mais em conta

Já ter sido habitado por outros moradores e estar sujeito à depreciação por esse uso é um dos fatores que contribuem para que os imóveis usados sejam mais baratos do que os novos. Dependendo da situação, essa diferença pode ser de até 20% entre imóveis semelhantes. Para quem privilegia o menor preço, pode ser uma boa alternativa.

Mas atenção: é indispensável fazer uma minuciosa vistoria ao encontrar uma oferta muito tentadora. Valores muito baixos podem ocultar problemas estruturais que poderão gerar um considerável prejuízo com reformas e manutenção mais adiante.

Plantas com distribuição diferenciada

Antigamente as obras residenciais eram mais generosas no que se refere ao tamanho. Cozinhas, banheiros e quartos dos imóveis antigos costumam ser maiores, e isso pode ser um diferencial para quem procura por mais espaço.

Essas são algumas das diferenças entre comprar imóvel novo ou usado. Se você quer saber mais sobre como fazer um bom negócio adquirindo uma casa ou um apartamento novo, siga nossos perfis nas redes sociais e conheça nossos empreendimentos! Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube, no Google +, no Flickr e no Twitter!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório