MRV cria escola de capacitação e atrai mulheres | Blog Corporativo MRV Engenharia -€“ Mercado Imobiliário e lançamentos de apartamentos e casas

Encontre seu imóvel

MRV cria escola de capacitação e atrai mulheres

27 junho 2011

A falta de mão de obra na construção já leva as próprias empresas a criarem escolas para formar profissionais, além dos já tradicionais treinamentos dados nos canteiros.

A MRV Engenharia, líder no mercado de imóveis populares, firmou parceria com o governo federal e a prefeitura de Curitiba para criar a Escola de Produção. A escola oferecerá capacitação para formação de pedreiros, azulejistas, gesseiros, carpinteiros, encanadores, eletricistas e pintores.

Iniciadas em abril, as quatro primeiras turmas – duas de azulejistas e duas de eletricistas – somam 125 estudantes que se formam no mês de julho.

O aquecimento da construção civil e a demanda por mão de obra atraiu mulheres para o curso. As mulheres são maioria nas turmas de azulejistas, segundo a coordenadora de Recursos Humanos da MRV Engenharia na regional Sul, Andressa Crefta.

Antes do término, sete dos participantes já foram contratados pela MRV Engenharia. É a primeira vez que a MRV oferece capacitação para pessoas que não são ligadas à companhia. Os cursos foram abertos a profissionais de obras da MRV, terceirizados e pessoas da comunidade – que representaram 80% dos inscritos.

Os cursos da Escola da Produção têm carga horária de 200 horas. Desse total, 80 horas são de aulas teóricas e as outras 120, de aulas práticas. Os cursos são divididos em quatro etapas: aulas de cidadania, ensino básico de Português e Matemática, um módulo básico de pedreiro para que todos tenham noção de construção civil e aulas teóricas e práticas da especialidade escolhida.

O curso foi aberto a pessoas de 19 a 55 anos. Além das aulas gratuitas, os participantes recebem vale-transporte, lanche, material didático e os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as aulas práticas. Novas turmas da Escola da Produção serão oferecidas na segunda quinzena de julho.

Fonte: Valor Online

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório