MRV Engenharia e Prime Construções inauguraram sua primeira escola de capacitação em canteiros de obra do Distrito Federal | Blog Corporativo MRV Engenharia -€“ Mercado Imobiliário e lançamentos de apartamentos e casas

Encontre seu imóvel

MRV Engenharia e Prime Construções inauguraram sua primeira escola de capacitação em canteiros de obra do Distrito Federal

08 agosto 2014

Top Life Taguatinga é a primeira obra a receber a iniciativa da construtora no estado, que já está presente em 65 canteiros do país.


465


Nesta quinta-feira, 07 de agosto, a MRV Engenharia e a Prime Construções inauguraram a primeira escola de capacitação em seus canteiros de obras do Distrito Federal. O projeto, realizado em 65 obras da construtora no país, será realizado no Top Life Taguatinga em parceria com o Seconci/Sesi, que ficará responsável pela contratação dos professores.


O evento contou com a presença do procurador Geral do Trabalho, Luis Antonio Camargo de Melo, da deputada Eliana Pedrosa, do diretor executivo da Prime Construções Alexandre Vilela, entre outras autoridades.


466


A iniciativa tem como proposta melhorar o nível de escolaridade dos operários por meio da alfabetização e inclusão digital e vem ao encontro do objetivo das construtoras de promoverem a qualificação, constando também como mais uma política de valorização do colaborador. “A ideia é que o operário não tenha que se deslocar do trabalho para frequentar as aulas. Esse projeto, com certeza, trará crescimento pessoal e profissional para nossos trabalhadores e essa é uma das prioridades da MRV/Prime dentro de seu trabalho de qualificação e capacitação de sua equipe. Se o trabalhador cresce, a empresa também cresce”, ressaltou Vilela. Durante a programação, o procurador também parabenizou a construtora pelo projeto. “É importante a iniciativa da empresa de auxiliar o governo a elevar o nível de escolaridade”, comentou.


As aulas no canteiro do Top Life Taguatinga serão realizadas de segunda a quinta de 16h às 18h. A MRV Engenharia tem hoje mais de mais de mil alunos em suas escolas nos canteiros de obras e pretende, ao longo dos próximos anos, que em todas as suas obras haja um espaço reservado para o aprendizado.

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório