O que devo fazer se eu atrasar alguma parcela do financiamento?  | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

O que devo fazer se eu atrasar alguma parcela do financiamento?

01 novembro 2017


Comprar o próprio imóvel é o sonho de muitos brasileiros. Para realizá-lo, uma grande parte recorre a instituições financeiras e divide o pagamento ao longo de anos. Porém, a crise frequentemente compromete o orçamento das famílias e o consumidor pode atrasar parcela do financiamento.

O que fazer diante desse problema? Se você também tem essa dúvida, nosso post vai ajudá-lo. Vamos explicar por que é importante resolver a situação rapidamente e as melhores maneiras de alcançar esse objetivo. 

Quais as consequências de atrasar parcelas do financiamento? 

Segundo o modelo de financiamento usado hoje no Brasil, que prevê a garantia alienação fiduciária, o banco tem o direito de retomar o imóvel. O tempo varia de acordo com a instituição, mas a lei permite que o processo de execução seja iniciado 30 dias depois do atraso da primeira parcela.

No mercado em geral, as instituições costumam esperar 60 dias de atraso. Mesmo que a execução se inicie, você ainda pode negociar com o banco. Mas prepare-se: será necessário pagar não só as prestações, mas também taxas pagas ao cartório devido ao processo. ​

Outra consequência do atraso é a perda de benefícios. Alguns bancos oferecem taxas com desconto quando o pagamento é efetuado em dia. Mediante atrasos, ele pode suspender esse desconto, deixando a prestação mais alta.

Como lidar com o atraso nas parcelas do financiamento?

Pague o quanto antes

Pode parecer contraditório dar esse conselho a quem atrasou o pagamento, mas ele é a primeira saída. Se possível, abra mão de outros planos para o dinheiro e efetue imediatamente o pagamento da parcela em débito. 

Vale cancelar a viagem, adiar a compra do carro ou mudar os filhos de escola. O importante é cumprir os compromissos assumidos para evitar um processo de execução que dê ao banco o direito de retomar o imóvel. 

Peça um empréstimo para pagar a dívida

Se o problema for apenas pontual, uma das opções é recorrer a um empréstimo. Essa não é uma alternativa interessante para grandes valores, já que essas operações financeiras costumam ter juros mais altos.

No entanto, se for apenas o necessário para cobrir algumas poucas parcelas, pode ser a opção mais simples. Só não se esqueça de ajustar seu orçamento, organizar as finanças e cortar despesas para não ficar inadimplente com o empréstimo e agravar o problema. 

Negocie com a instituição financeira ou construtora

Se as prestações não estão realmente cabendo no seu bolso, provavelmente é hora de procurar o banco que fez o financiamento para tentar reduzir o valor da parcela e aumentar o prazo do pagamento. 

O banco manterá a taxa de juros, e isso significa que ao final, o valor do imóvel será bem maior que o estabelecido no início. Porém, é mais interessante fazer essa adaptação e conseguir uma parcela que cabe em seu orçamento do que perder o imóvel por falta de pagamento. 

Tente a portabilidade da dívida

Se o seu banco não aceitar negociar, a legislação dá a possibilidade de levar sua dívida para outra instituição que cobre juros menores ou ofereça um prazo maior. Pesquise bastante para não cair em uma armadilha e acabar pagando muito mais pelo imóvel. 

Verificar se é possível continuar pagando

Se o atraso aconteceu por um problema pontual, acerte o pagamento e continue com seu financiamento normalmente. Mas se você perceber que as prestações realmente não são compatíveis com seu orçamento, é melhor pensar em outras alternativas. 

Nesses casos, é melhor tentar vender o imóvel, quitar o financiamento e escolher uma outra opção no mercado, compatível com a sua renda. Esse não é o plano inicial de quem compra uma propriedade, mas é melhor que perdê-lo para o banco depois de sucessivos atrasos. 

Entendeu o que o consumidor precisa fazer se atrasar parcela do financiamento? Ainda ficou com dúvidas? Deixe sua pergunta nos comentários!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório