Vai visitar um imóvel à venda? Saiba como se preparar!

25 junho 2020

Mulher tirando suas dúvidas sobre o que identificar ao visitar um imóvel à venda

Visitar um imóvel exige muita pesquisa e paciência até que o lugar ideal seja encontrado. Afinal de contas, cada detalhe precisa se encaixar nas necessidades de sua família para que a compra represente a realização de um sonho, não é mesmo?

Tendo isso em mente, você precisa ficar de olho em alguns detalhes que fazem toda a diferença na hora de otimizar o processo de decisão. Só assim será possível fazer escolhas inteligentes e capazes de valorizar ainda mais o investimento ao longo do tempo.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e tenha em mãos um guia para fazer um ótimo negócio!

Saiba o que verificar nas partes hidráulica e elétrica

Avaliar as instalações elétricas e hidráulicas é um fator indispensável na compra de um imóvel. Assim, ligue todas as torneiras do apartamento e deixe a água sair por um minuto, analisando bem para verificar se não há qualquer tipo de vazamento. Dê descarga nos vasos, confira se a vazão de água é boa e repita a operação.

Na parte elétrica, vale observar o funcionamento dos interruptores e lâmpadas, caso já estejam instalados no apartamento. Leve seu carregador de celular e teste o maior número de tomadas que conseguir para ver se está tudo em ordem.

Em alguns imóveis da MRV, você encontra as modernas tomadas USB, que dispensam os milhares de adaptadores. Faça também o teste, mas avisamos: é muito prático e você não vai mais conseguir viver sem ter no seu apê!

Preste atenção na estrutura e na conservação do prédio

Verificar esses detalhes também é importante para que você feche um negócio que seja satisfatório para toda sua família. Certifique-se de que o prédio está bem cuidado, de que o acabamento é de qualidade e de que o local tem as opções de lazer desejadas.

Também é válido conversar com o zelador e o síndico, buscando averiguar a frequência e a qualidade das manutenções. Além disso, procure saber se existe alguma reclamação constante dos moradores.

Pesquise sobre a segurança do bairro

Faça uma pesquisa para saber se o bairro onde o apartamento está localizado é seguro antes mesmo de ir conhecê-lo. Durante sua visita, pergunte aos vizinhos e comerciantes da região sobre o assunto e vá até o local em diferentes horários do dia para conferir se você realmente se sente seguro ali.

Dentro do fator segurança, também entram pontos como a vida noturna nos finais de semana. Em determinadas regiões, o barulho intenso incomoda moradores durante a madrugada e pode ser decisivo para quem tem crianças pequenas ou costuma acordar cedo.

Analise a iluminação do imóvel

Esse é um aspecto muitas vezes esquecido, mas que se torna decisivo no dia a dia. Veja se o apartamento tem a luz de que você gosta e se ela não vai atrapalhar a sua rotina. Por exemplo, apartamentos direcionados para a face norte têm incidência do sol pela manhã, já os apontados para face sul pegam o sol da tarde.

Verifique ainda a quantidade de janelas e a iluminação natural do imóvel. Isso é importante para ajudar a secar suas roupas e também para economizar energia.

Verifique as regras do condomínio

Outro ponto crucial são as regras do condomínio. Por exemplo, embora sejam minoria, muitos prédios não aceitam cachorros, enquanto outros não admitem apenas animais de grande porte. Para não ter surpresas no futuro, investigue quais são essas regras, como a lei do silêncio, e imagine como elas influenciariam o seu estilo de vida.

Lembre-se de que analisar um imóvel à venda é uma tarefa que demanda tempo e paciência. É preciso visitar o local mais de uma vez, estudar os detalhes e conferir se ele atende às expectativas de todos.

Faça as perguntas certas

O melhor caminho no momento de visitar um imóvel é já chegar preparado com todas as dúvidas anotadas. Dessa maneira, você evita esquecimentos importantes e segue o seu próprio checklist para fazer os comparativos necessários. Veja, a seguir, sugestões de perguntas que devem ser incluídas!

O imóvel é confortável para minha família?

De nada adianta comprar um apartamento de um quarto se você tem quatro filhos. Certamente, o espaço reduzido vai se tornar motivo de desconforto no futuro e o investimento acabará sendo questionado.

Então, avalie cuidadosamente em cada visita se é possível acomodar todos os membros da família e ainda estimular momentos de lazer. Ao chegar ao local com esse foco, fica mais simples também identificar, em um primeiro momento, se existe a possibilidade de reformar cômodos ou realizar ampliações.

Quem tem filhos deve ter atenção à posição dos quartos, para que sejam sempre de fácil acesso e com boa iluminação. Sem contar a possibilidade de criar um cantinho de estudo como forma de incentivá-los a se dedicar à escola.

Quais as formas de pagamento?

Os financiamentos e as outras facilidades das construtoras representam um universo de possibilidades para quem deseja investir na casa própria. Então, antes de considerar um imóvel em sua lista, tire todas as dúvidas sobre os pagamentos, as quantidades de parcelas, os juros e a entrada exigida.

Ao ter tudo na ponta do lápis, você não corre o risco de ir além de suas possibilidades e comprometer o orçamento. Quando a construtora tem uma financiadora própria, como no caso da MRV, o processo costuma ser muito mais simples.

Áreas de lazer no condomínio

Aproveitar a convivência com sua família e ter um bom relacionamento com os vizinhos são aspectos essenciais para a compra de um imóvel. Na prática, é ótimo curtir a infância de seus filhos com brincadeiras divertidas em um ambiente seguro e estruturado.

Além disso, ainda existe a possibilidade de contar com piscina, churrasqueira, salão de jogos ou quadras. Quando se trata de melhorar a qualidade de vida, as áreas de lazer também são ótimas opções para fugir da rotina do dia a dia, receber visitas e distrair os animaizinhos de estimação.

Gastos no pós-compra

Muitas vezes, o valor gasto na hora de estruturar o apartamento acaba causando problemas no orçamento da família. Quando os gastos envolvem apenas a mudança, a compra dos móveis e a decoração fica mais prático se programar.

Agora, se a casa nova precisa de reparos significativos, calcule bem se esses valores realmente valem a pena. A questão aqui é: se o valor do imóvel não for mais baixo por conta da necessidade de mudanças, você pode ter paciência e encontrar uma opção que caiba no seu bolso e seja do jeito desejado.

Vale lembrar que todo processo de mudança, especialmente no primeiro apartamento próprio, exige algumas movimentações, dentro dos limites estipulados, com a intenção de deixar tudo personalizado.

Pronto! Agora você já sabe como tirar as dúvidas ao visitar um imóvel. Procure seguir nossas dicas, pois só assim será possível realizar a escolha considerando todos os fatores que interferem nos sonhos de sua família, no comportamento e nas preferências de maneira geral.

Gostou das informações do artigo? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto e ajudem na escolha da nova casa!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório