O que são apartamentos autoportantes e quais são suas vantagens? | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

O que são apartamentos autoportantes e quais são suas vantagens?

21 novembro 2018

O que são apartamentos autoportantes e quais são suas vantagens?

Na busca pelo apartamento próprio, as pessoas sempre buscam meios de baratear os custos da compra. No caso de construções que sairão do zero, há o desejo de eliminar o máximo de tempo possível para, enfim, desfrutar do imóvel. Nesse contexto, investir em apartamentos autoportantes pode ajudar a reduzir as despesas e otimizar os espaços internos.

Para entender a estrutura desse tipo de edificação, pense em uma mesa ou cadeira, móveis que sustentam o próprio peso sem o uso de bases de apoio. As vantagens dessa modalidade de construção são inúmeras, já que o custo dos materiais necessários para a construção de um modelo mais tradicional de edifício são bem mais altos.

Que tal direcionar essa renda extra a outros gastos mais urgentes, como reformas e melhorias pontuais? Apartamentos autoportantes são construções sólidas, que ajudam a economizar e garantem uma estrutura fortificada para a vida toda.

Quer conhecer suas características, vantagens e diferenças em relação às construções que utilizam alvenaria tradicional? Continue a leitura e confira o conteúdo que preparamos!

Como os apartamentos autoportantes se caracterizam?

Trata-se daqueles apartamentos que suportam a própria estrutura de forma independente, sem a necessidade do auxílio de sustentações complementares. As paredes, erguidas com blocos estruturais, são as grandes responsáveis por apoiar toda a edificação: já que elas cumprem todo o trabalho, as colunas e vigas não são primordiais.

Esses imóveis utilizam o sistema de alvenaria estrutural. Os autoportantes contam com paredes que exercem a função de apoio às diferentes cargas, como o próprio peso do apartamento, a cobertura, a laje e os elementos internos do imóvel, além de toda a mobília.

Do que se trata a alvenaria estrutural?

Antes de tudo, esse sistema de construção se caracteriza pelo fortalecimento das paredes. A ausência de pilares e vigas na sustentação da edificação leva à substituição do procedimento mais tradicional de concretagem, bem mais caro. Essa mudança é benéfica, também, pois concretar é um processo complexo e demorado.

Qualquer erro pode causar danos sérios, como fissuras e trincas, prolongando ainda mais a entrega do imóvel. Para quem ainda está pagando o aluguel e quer se mudar logo para um apartamento próprio, os autoportantes são uma opção bem mais ágil e barata.

A alvenaria estrutural se utiliza de um processo construtivo no qual são utilizadas as paredes de determinada habitação para resistir às cargas, em substituição ao sistema tradicional. O desenvolvimento das edificações que adotam essa opção exige uma alta capacidade técnica do projetista e procedimentos diferentes daqueles empregados no cálculo de outros tipos de estruturas.

Por serem sistemas diferentes, o projetista e os construtores não dispensam as soluções adotadas na construção dos edifícios com concreto armado. Podemos listar muitas vantagens do modelo autoportante:

  • redução do uso de aço, do concreto e das formas de madeira em geral;
  • facilidade no treinamento de mão de obra, diminuindo o tempo de construção;
  • maior organização e agilidade no canteiro de obras, acelerando a entrega do imóvel.

Quais são as diferenças em relação à alvenaria de vedação?

A alvenaria dos autoportantes é concebida para apresentar maior resistência em relação a outro método de construção bem utilizado: a alvenaria de vedação. Ao contrário do sistema estrutural, aplicado nos apartamentos autoportantes, a metodologia de vedação não dispensa o uso de vigas e pilares — e nem o custo adicional exigido pela aplicação dessas estruturas.

Essa exigência, que não afeta os autoportantes, encarece consideravelmente o projeto. Além disso, no sistema de vigas e pilares ainda há a necessidade de adicionar diversos outros materiais ao orçamento, como o concreto e as formas específicas de madeira.

Outra diferença significativa é o tempo de execução da obra. Nas edificações que utilizam o sistema de vedação, o tempo necessário para a construção é mais elevado, pois se torna necessário montar as formas — sem contar com os trabalhosos processos destinados a concretar e curar.

Por que o sistema é vantajoso?

Um dos pontos fortes desse tipo de estrutura é a possibilidade de combinar diferentes formas e divisões, o que torna versátil o processo de construção civil. Os gastos em adquirir um apartamento autoportantes também são consideravelmente menores, pois a ausência de vigas e colunas resulta em custos menores para os proprietários.

Essa estrutura, em si, oferecea vantagem de superar o limite de espaço oferecido por uma alvenaria tradicional de vedação. As edificações sustentadas por paredes autoportantes são as mais indicadas para uma capacidade maior de armazenamento.

As estruturas autoportantes também apresentam privilégios em projetos de reformas e ampliações, uma vez que não sobrecarregam as edificações já prontas. Um exemplo desse tipo de benefício é a escada de emergência externa, que pode utilizar uma opção autoportante.

A técnica das construções estruturais continua evoluindo e, atualmente, permite a existência de edificações com mais pavimentos. Além disso, podemos citar o menor prazo de execução da obra, o que é uma boa notícia para quem deseja se mudar rapidamente para uma construção mais moderna — e poder chamá-la de sua!

Mas o mais atrativo é poder se mudar para o apartamento novo sem ter que esperar muito e, de quebra, ainda pagar um valor bem menor para escapar logo da prisão do aluguel.

Em suma, a escolha do sistema autoportante traz diversos privilégios para quem compra um apartamento com essas características. Essas vantagens aparecem desde o início da implementação do projeto e prosseguem até o final.

Os apartamentos autoportantes se suportam de forma independente, dispensando o auxílio de outras estruturas que encarecem o projeto em geral. Além disso, não sobrecarregam a construção preexistente, oferecendo segurança e conforto únicos.

Como foi possível perceber neste artigo, a escolha pelos autoportantes (em vez da alvenaria tradicional) rende inúmeros frutos, que vão muito além da simples economia. Há, também, o menor tempo de construção e uma maior simplicidade no processo geral de condução da obra, o que resulta em custos bem menores e a possibilidade de escapar logo do aluguel e realizar o sonho do imóvel próprio

Gostou do nosso artigo e quer continuar se informando sobre apartamentos, condomínios e muito mais? Então, entre em contato conosco para conhecer melhor nosso trabalho e nossas condições!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório