Primeiro apê voltado para jovens compradores

05 fevereiro 2010

Trabalhadores realizando a construção de prédio
Construído em meio a alguns exemplares de árvores nativas do bairro, em uma área de 9 mil m², o residencial Porto Teresópolis, na avenida de mesmo nome (número 2.345) está com suas últimas unidades à venda e tem entrega prevista para dezembro deste ano.

Voltado a um público consumidor na faixa etária de 25 a 30 anos, o empreendimento da MRV integra o Festival do 1º apartamento, com financiamento de até 30 meses pela Caixa Econômica Federal e subsídios de R$ 17 mil.

Já que também faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, para o qual disponibiliza 20% das unidades em construção no bairro Teresópolis.

Comprando o primeiro apê

O empreendimento contará com 200 apartamentos de dois quartos, com ou sem suíte, e três quartos com suíte, além de vagas de garagem.

A área comum dos apartamentos do Porto Teresópolis será uma atração à parte, com piscina, piscina infantil, salão de jogos, salão de festas, espaço gourmet, mirante e espaço kids room.

Este empreendimento é uma grande oportunidade para quem quer realizar o sonho da casa própria, aliando preços baixos, financiamentos facilitados, baixas taxas de juros e qualidade.

A MRV é a maior plataforma de imóveis econômicos do Brasil. Além disso, os projetos têm cuidados com o ambiente e buscam soluções otimizadas quanto à ventilação e iluminação.

O passo a passo completo para a grande conquista

Para a obra do Porto Teresópolis a empreendedora ainda fez a compensação ambiental com a plantação de mais de mil mudas de árvores.

De plantão no local para apresentar o apartamento decorado, João Guilherme destaca as condições facilitadas para a compra e a garantia de entrega pela Caixa.

Na aquisição, pode ser utilizado o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e os interessados devem providenciar os seguintes documentos: carteira de identidade, CPF, os três últimos contracheques e comprovante de residência.

Os trabalhadores renda informal podem apresentar extratos de cartões de crédito, recibos de aluguel e outros documentos que comprovem sua capacidade de pagamento.

Fonte: Correio do Povo

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório