Qual a idade ideal para comprar o primeiro imóvel? | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Qual a idade ideal para comprar o primeiro imóvel?

31 julho 2017

Casal jovem planejando a reforma do novo apê após a mudança
Aos 20, aos 30, aos 40. Independentemente da idade em que se escolha adquirir a casa própria, o consenso é de que uma necessidade é comum a qualquer faixa etária: planejamento. Ceder à pressão externa da família, por exemplo, ou à própria cobrança pessoal por independência são atitudes que podem levar a decisões precipitadas e, consequentemente, endividamento e decepções.

Como fazer para comprar seu primeiro apê?

Cogitar comprar um imóvel via financiamento para abrir mão do aluguel é algo que também depende da personalidade de cada indivíduo. Se desde cedo o jovem já manifesta o desejo de empreender neste aspecto, a família pode ajudá-lo analisando o cenário em conjunto, estimulando seu amadurecimento financeiro e pessoal.

Lado a lado, pais e filhos podem pesquisar valores, fazer simulações e avaliar as modalidades de pagamento mais viáveis, bem como a possibilidade de se usar o valor do FGTS para facilitar a compra. Além disso, é importante que os responsáveis apontem que, a partir de uma decisão como essa, será necessário que o jovem controle seus gastos e tenha disciplina para entender como a nova responsabilidade caberá em seu bolso, junto com todas as outras responsabilidades da vida adulta.

Quando dar o primeiro passo

Maturidade e experiência são vantagens de quem decide comprar um imóvel na faixa dos 30 e 40 anos. Afinal, é comum que, com esta idade, já se tenha investido em uma boa faculdade, viagens e outros prazeres, fazendo com que seja possível focar as despesas em um projeto importante como a aquisição da casa própria.

Além disso, é possível que, depois dos 30 anos, já se tenha conquistado um patrimônio maior, com uma quantia de dinheiro que pode até não ser suficiente para quitar o imóvel em sua totalidade, mas que garanta uma boa entrada, tornando o financiamento um processo mais confortável.

Especialistas, no entanto, recomendam que não se espere muito mais que depois dos 40 para dar entrada em um imóvel. Afinal, como a tendência dos financiamentos é de que durem por cerca de 30 anos, a idade avançada pode dificultar o acesso à inclusão nas regras estipuladas pelos financiadores, que exigem, por exemplo, que a idade do cliente somada ao prazo do financiamento não ultrapasse 80 anos e seis meses.

Créditos: Estadão Conteúdo

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório