6 práticas para garantir uma quarentena sustentável!

28 maio 2020

2 comentários
Mulher bebendo suco natural durante a quarentena para manter hábitos e alimentação saudáveis

Tornar a quarentena sustentável é uma forma de ajudar o meio ambiente e de conscientizar sua família sobre hábitos positivos. De fato, o tempo ocioso resultado dos dias em casa deve ser usado sempre com mudanças significativas. O melhor caminho, nesse caso, envolve começar com ações simples.

São pequenas coisas, como escolher lojas conscientes para consumir e economizar água, que representam uma diferença grande nos impactos em longo prazo. A partir disso, esse conceito preocupado com as práticas verdes se torna uma parte natural de sua vida e da rotina da casa.

Quer saber mais? Vamos mostrar 6 práticas sustentáveis para fazer em tempos de quarentena. Acompanhe!

1. Reciclagem

Uma ótima sugestão para mudar os hábitos de forma positiva na quarentena é começar pela reciclagem do lixo de sua casa. Isso porque essa atividade simples faz muita diferença para o meio ambiente e torna todos da família mais conscientes sobre suas responsabilidades na dinâmica do dia a dia.

Separe os sacos de lixo durante o descarte. Se possível, tenha duas lixeiras na área de serviço, com adesivos informativos ou sacos plásticos de cores diferentes. Como boa parte das coisas pode ser reaproveitada em outros ambientes, reforce os cuidados em relação ao contagio do coronavírus e separe os materiais de proteção em recipientes exclusivos.

Veja, a seguir, outras dicas de ações sustentáveis:

  • não jogue óleo de soja na pia;
  • priorize sacolas biodegradáveis;
  • reaproveite as latas de alumínio;
  • evite desperdícios de papel;
  • tome cuidado ao jogar vidro no lixo para reciclagem;
  • separe os diferentes tipos de plástico.

2. Economia de água

O consumo de água deve acontecer de maneira inteligente e consciente. Tendo em vista que esse tipo de recurso está cada vez mais escasso em várias partes do mundo, a economia no uso residencial é um bom começo. O grande diferencial é que até mesmo as crianças podem ajudar ao tomar banhos mais curtos e fechar as torneiras na hora de escovar os dentes.

Vale ressaltar que para realizar economia de água em sua casa, o consumo deve ser monitorado mesmo em épocas fora de racionamento. Assim, além de economizar na conta, você evita o mau uso apenas ao conscientizar sobre as torneiras, fiscalizar os possíveis vazamentos e usar a descarga somente pelo tempo necessário.

No entanto, em tempos de quarentena, o uso da água para lavar as mãos e fazer a higiene é indispensável. O que entra na economia, aqui, são as decisões prejudiciais que configuram o desperdício.

3. Manutenção de horta vertical

Você já deve ter visto uma horta ou jardim vertical montados na varanda de um apartamento. Basta olhar qualquer prédio de fora para perceber que vários apartamentos adotaram essa tendência que veio para ficar. Além de ser muito bonito esteticamente, montar uma horta ainda traz paz e ajuda a cuidar da saúde mental em tempos difíceis.

Em relação aos hábitos sustentáveis, você pode optar por cultivar legumes fresquinhos e orgânicos que ajudam a cuidar da saúde de sua família. Afinal, ensinar os familiares a fazer boas escolher no prato tem relação direta com a adoção de práticas sustentáveis ao longo da vida e nos mais variados cenários.

Para montar a horta, não é necessário ter um longo terreno. A sacada ampla representa o espaço perfeito. Use pequenos vasos e aproveite os canteiros para cultivar legumes e folhas. Mais uma dica bacana é mergulhar de vez no conceito verde e aproveitar os resíduos orgânicos para usá-los como adubo.

4. Aproveitamento de luz natural

O aquecimento solar representa um verdadeiro divisor de águas para quem deseja mudar de hábitos. O formato alia ganhos ao meio ambiente e economia de gastos. Se você mora em um condomínio que apresenta medidas sustentáveis, fica muito mais simples efetuar essas mudanças e ainda convencer os vizinhos a adotá-las.

Esse tipo de aproveitamento de luz natural também pode ser usado na decoração do apartamento. As chamadas claraboias, posicionadas estrategicamente, permitem uma iluminação eficiente em todos os horários do dia e ficam muito charmosas na cozinha ou na sala de estar.

Outro ponto muito interessante é que a iluminação natural contribui para o bom desempenho das pessoas na rotina diária. O motivo está na reação do nosso cérebro: ao identificar a luz do sol de maneira adequada, ele fica mais desperto e com uma resposta melhor ao cortisol logo pela manhã.

5. Receitas com menos eletrodomésticos

Se tem uma coisa que todo mundo concorda é que a quarentena é o momento ideal para se aventurar na cozinha, não é mesmo? Para se alinhar ao conceito sustentável, você pode optar por receitas que necessitem de menos eletrodomésticos. Afinal, alguns aparelhos muito usados em preparos de pratos mais elaborados têm alto consumo de energia e prejudicam o meio ambiente de diversas maneiras.

Assim, uma boa sugestão envolve fazer substituições estratégicas, como bater massas na mão em vez de usar a batedeira ou o liquidificador. Outro segredinho que faz toda a diferença é escolher aparelhos A++ ou A+++ na hora da compra, pois eles têm um consumo de energia baixo e uso otimizado.

6. Procure por empresas conscientes

Os hábitos sustentáveis também podem se estender à sua forma de consumir. Por exemplo, quando você faz uma compra pela internet em tempos de quarentena, tem a chance de pesquisar sobre negócios que se preocupam com a quantidade de emissão de gases poluentes na entrega, usam menos plásticos e têm um conceito mais sustentável.

Ou seja, toda a rotina familiar se torna engajada em várias frentes, e essa participação, com pequenas mudanças, já é muito significativa para o meio ambiente. Vale ter cuidado também com as madeiras escolhidas para decoração e usadas nos móveis.

Dê preferência às peças produzidas de forma sustentável, planejadas e extraídas com técnicas de reflorestamento. Esse ponto do consumo consciente também é uma parte importante que gera economia nos gastos por conta da produção em equilíbrio, com a mesma durabilidade e sem deixar de lado a beleza.

Pronto! Agora você já sabe como tornar a quarentena sustentável e impactar toda a sua família. São pequenas atitudes que começam com a separação do lixo e a economia de água, mas que ajudam no processo de consciência social. Assim, com a adoção de hábitos positivos, o aumento da qualidade de vida também será impactado.

Gostou das informações do artigo? Então, deixe seu comentário no post e nos conte sobre os hábitos que podem ser adotados em sua casa!

Comentários

Lia Felicio
Lia Felicio disse: 29 maio 2020
Gostei muito das dicas e achei a maioria válida. Principalmente as em relação em pesquisar sobre as empresas na internet antes de comprar. Agora sobre separar o lixo em casa, é complicado porque a maioria das cidades não tem a coleta seletiva então de nada adianta separar e o caminhão misturar. As dicas que vocês deram sobre reciclagem para mim que trabalho com reuso criativo e artesanato sustentável, vejo que não educa ninguém. Não adianta dizer: não jogue o óleo na pia. É necessário dizer sim, o que fazer com este óleo, quais as alternativas. Caso contrário as pessoas vão continuar com as praticas.
MRV
MRV disse: 29 maio 2020
Olá Lia, como vai?

Acreditamos que é importante orientar da melhor forma as pessoas a se conscientizarem sobre o lixo, pois são ações como estas que colaboram para a educação sustentável. Quanto a separação do lixo em algumas cidades, é possível encontrar cooperativas que trabalham com reciclagem e destinar parte do lixo reciclável para elas. já o lixo orgânico pode ser reaproveitado em casa utilizando composteira, onde o adubo pode ser utilizado em hortas e jardins. São muitas as possibilidades, e se assim como você, cada um fizer a sua parte, construiremos um futuro melhor e mais sustentável!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório