7 dicas para criar uma rotina para as crianças em casa

01 outubro 2020

Mãe e filho em uma rotina de diversão em casa

Criar uma rotina para as crianças é essencial. De fato, os horários predeterminados ajudam a regular o sono, estimulam o desenvolvimento e permitem que os pequenos respeitem os limites desde cedo. Todos esses fatores também interferem diretamente no relacionamento deles com os pais, que se fortalece pelo fato de os responsáveis acompanharem cada momento da infância.

Uma boa dica, ainda mais no momento de quarentena, é começar as pesquisas do cronograma de acordo com a idade dos filhos. Dessa maneira, é possível identificar como os pequenos podem interagir da melhor maneira, com o cumprimento dos afazeres e ajudando os pais conforme crescem. 

Quer saber mais? Vamos mostrar 7 dicas para criar uma rotina para as crianças em casa. Acompanhe! 

1. DEFINA HORÁRIOS 

Uma criança saudável e feliz precisa de rotina. Isso porque, durante a infância, estabelecer limites é fundamental para oferecer uma boa educação e criar adultos independentes. Então, o primeiro passo é definir horários específicos que precisam ser cumpridos rigorosamente. Isso independe da idade dos pequenos. 

O mais importante é ter essa rotina desde recém-nascido. Assim, fica muito mais simples evitar trocar o dia pela noite e os despertares noturnos sem motivo aparente. Para a idade escolar, essa disciplina faz com que as crianças tenham mais disposição e auxilia diretamente no ritmo de aprendizado. 

2. PEÇA AJUDA NAS ATIVIDADES DOMÉSTICAS 

Desde cedo, também é muito interessante mostrar para as crianças que a organização é indispensável. Com todos em casa por conta do isolamento social, seu filho pode ajudar em algumas tarefas domésticas a partir do desfralde. Sim, mesmo ainda tão pequeninho, já é possível aprender algo ao ajudar os pais. Além de aprender a trabalhar em equipe, ainda existe o desenvolvimento do senso de empatia. 

Veja, a seguir, algumas tarefas que os pequenos podem fazer: 

  • 2 e 3 anos: guardar pequenos livros e brinquedos em um cesto no quarto; 
  • 5 anos: ajudar a colocar ração para o animal de estimação, arrumar a cama, regar plantas e preparar um lanche simples; 
  • 7 anos: ajudar a varrer, recolher o lixo e dobrar roupas; 
  • 9 anos: colocar a mesa, guardar compras do supermercado, estender algumas roupas em locais baixos e ajudar com opiniões para o cardápio; 
  • 11 anos: levar o cachorro para passear dentro do condomínio, aprender a lidar com facas sem ponta afiada e ajudar com a louça;
  • 12 anos: preparar refeições simples (sempre com supervisão) e auxiliar na limpeza da cozinha. 

3. INCLUA MOMENTOS DE DESCANSO 

Por mais que seus filhos sejam cheios de energia durante o dia, sempre é importante delimitar momentos de descanso. O motivo é que ter um tempo sem absolutamente nada para fazer ajuda a organizar os pensamentos, recupera a musculatura e ensina a necessidade de cuidar de si mesmo em todas as fases da vida. 

Sem contar que isso é indispensável na hora de evitar quadros de estresse infantil. Os pequenos precisam ter tempo delimitado, porém, mostra-se indispensável considerar que a mente deles é muito lúdica e deixá-los explorar essas possibilidades faz com que se tornem adultos criativos e seguros. Então, fazer essa divisão conforme a idade da criança deve ser prioridade.


4. MONITORE O USO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS 

Os smartphones, tablets e outros dispositivos eletrônicos chegam cada vez mais cedo na vida das crianças de hoje em dia. Apesar de serem usados como aliados dos pais nos momentos de distração, é preciso ter cuidado para não atrasar o desenvolvimento pelo excesso de telas e a falta de interação com outras crianças. 

Inclusive, os pequenos que não exploram sua imaginação com brincadeiras em grupos tendem a ter dificuldades de, no futuro, encontrar seu lugar em situações compartilhadas, como escola ou trabalho. 

Vale lembrar que, durante a quarentena, as crianças que estão sem aula podem se sentir de férias, e isso faz com que elas queiram passar o dia na frente dos jogos ou da televisão. No entanto, é preciso observar o tempo que os pequenos passam nesses dispositivos e evitar o uso no momento das refeições. Você pode permitir que eles utilizem esses equipamentos eletrônicos durante os horários direcionados à distração, que podem ser acordados previamente.


5. MONTE UM CRONOGRAMA PARA UTILIZAR A ÁREA DE LAZER 

Quem mora em um condomínio com uma área de lazer completa tem possibilidades a mais no momento de criar uma rotina para as crianças. Além de permitir que elas interajam com colegas da mesma faixa etária, ainda é possível incentivá-las a cumprir os horários de estudos pré-definidos, para depois ficarem livres e brincarem em um ambiente bastante versátil. 

O papel dos adultos é estimular diversos fatores de desenvolvimento com as atrações disponíveis na área de lazer. Porém, tenha cuidado para não interferir nas escolhas. É importante deixar a criança livre para escolher os brinquedos e os amiguinhos com que mais se identifica. Assim, ela estabelece laços que são importantes na construção dos sentimentos.


6. CONVERSE COM SEUS FILHOS 

O relacionamento de confiança entre pais e filhos é fundamental para uma infância feliz. Por conta disso, conversar com os pequenos se mostra um verdadeiro divisor de águas, que faz com que eles se sintam respeitados, incluídos e parte importante da dinâmica da família. Esse sentimento de pertencimento demostra a necessidade de transmitir valores e faz muita diferença em longo prazo. 

Então, antes de definir algo que vai impactar diretamente a vida das crianças, como uma rotina em cronograma, é preciso conversar com os que já têm idade suficiente para compreender as regras. Até mesmo os bem pequenos prestam atenção em explicações e se mostram acolhidos com exemplos dos pais.


7. ORGANIZE O DIA DA DISTRAÇÃO 

Um dia inteiro só de brincadeiras, passeios e interação é fundamental para que a rotina das crianças funcione bem. Ou seja, coloque, especialmente nos finais de semana, esse momento completo de interação. Lembre-se também de que essa é uma oportunidade para passar um tempo de qualidade com seus filhos. 

Então, procure atividades múltiplas na área de lazer ou em um ambiente em que todos se sintam bem. Uma boa dica é optar por jogos divertidos que possam ser compartilhados com outras famílias que moram no mesmo condomínio ou amigos. Assim, além de ter melhores resultados na rotina, ainda é possível criar memórias inesquecíveis nos pequenos. 

Pronto! Agora você já sabe como montar uma rotina para crianças. O diferencial, aqui, está em ouvir sempre as necessidades dos seus filhos e entender quais são as melhores propostas. Como resultado, fica mais simples alinhar como os desejos dos seus filhos podem ser ouvidos na medida certa e criar um relacionamento focado em respeito aos limites necessários para que tudo funcione. 

Gostou das informações do artigo? Então assine nossa newsletter e fique por dentro de outras novidades sobre o assunto. 

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório