Saiba como cortar gastos para comprar o primeiro apartamento

24 maio 2018



É algo comum o seu dinheiro acabar antes do final do mês? Se a resposta for sim, você sabe muito bem o quanto isso pode ser ruim. Além de te deixar sempre preocupado, essa condição dificulta a realização dos seus sonhos, como o de adquirir o seu primeiro apartamento.

Entretanto, não se preocupe, pois é possível inverter essa situação, principalmente se você souber como cortar gastos. Pode parecer difícil em um primeiro momento, mas com um pouco de disciplina e força de vontade, é possível fazer o seu salário render mais durante o mês. Dessa forma você conseguirá economizar para transformar em realidade os desejos mais ambiciosos.

Para saber como isso é possível, bastar continuar a leitura deste artigo. Nele, você terá dicas simples e práticas que lhe permitirá poupar o seu dinheiro. Vamos lá!

Conheça as suas despesas

Para que você consiga cortar gastos, o primeiro passo é saber exatamente para onde vai cada centavo do seu salário. É preciso anotar tudo, desde o pãozinho do café da manhã até o que se paga de aluguel.

Em seguida, defina quais são os gastos essenciais e quais são os supérfluos. Dessa maneira, você conseguirá saber quais custos poderão diminuir ou, até mesmo, cortar.

O mais importante é criar o hábito de anotar diariamente o que você gastou durante o dia. Para isso, basta separar de 15 a 30 minutos para realizar suas anotações. Você gastará muito pouco tempo e as vantagens serão grandiosas. 

Reorganize os seus custos

Quem deseja comprar o primeiro apartamento deve estar ciente que é preciso economizar. Mesmo que o plano seja fazer um financiamento imobiliário, as financeiras exigem que se pague uma parte do imóvel à vista — que é a famosa entrada.

Por isso, especialistas recomendam que você organize o seu orçamento mensal usando a regra 50-15-35. Ela é bastante simples e se baseia em dividir o seu faturamento mensal em 3 partes:

  • 50% do salário é usado para os gastos essenciais — como os de moradia, transporte, alimentação e educação;
  • 35% é dedicado para o lazer e alguns gastos extras;
  • enquanto os 15% remanescentes serão usados para as prioridades financeiras, como quitar dívidas e fazer uma poupança.

Caso você perceba que as suas despesas essenciais comprometem mais de 50% do seu salário, é necessário que você encontre soluções que lhe permita ajustar o orçamento.

Evite gastos desnecessários

Você já parou para pensar que, provavelmente, parte de suas despesas são desnecessárias? É bem provável que você não usa tudo que o seu plano de celular oferece ou assiste a todos os canais de sua TV por assinatura. E a academia? Realmente é preciso ter o plano completo?

Com certeza você está pagando por algo que não usa e, se você mudar para uma assinatura mais simples ou cancelá-la, será possível economizar muitos Reais.

Outro gasto desnecessário, que talvez você tenha, é comer fora. Caso diminua o cafezinho de depois do expediente ou o restaurante dos finais de semana, com certeza sobrará mais dinheiro no final do mês.

Não compre nada por impulso

Um dos maiores inimigos de quem deseja comprar o seu primeiro apartamento é se render aos impulsos e comprar algo que não era necessário. É muito comum as pessoas se renderem à vontade de aproveitar uma promoção e trocar o celular ou comprar a roupa da estação.

Outro grande vilão é o supermercado. Nunca entre em um estabelecimento desse tipo com fome ou sem uma lista do que é preciso comprar, caso contrário, com certeza, você gastará mais do que esperava.

O mais importante quando se deseja realizar grandes sonhos, é saber como cortar gastos desnecessários. Esse deverá ser o seu primeiro passo, pois, de outra forma, o seu desejo de ter um imóvel vai ser apenas isto: um sonho distante.

Caso você tenha gostado dessas dicas, não deixe de curtir nossa página no Facebook. Nela você encontrará outras dicas tão boas quanto estas. Até a próxima! 

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório