Segurança para crianças: um guia para deixar sua casa protegida

01 julho 2016

Os perigos de deixar uma criança exposta a tomadas sem proteção
Quem tem crianças sabe muito bem como um só descuido pode acabar em problemas. Curiosas por natureza, elas estão sempre mexendo em tudo e querendo brincar em lugares inadequados. Prevenção é o segredo da tranquilidade quando se trata de segurança para crianças, por isso preparamos um guia de cuidados para te ajudar a deixar a casa protegida e seu filho fora de perigo!

Na lavanderia

A lavanderia é um dos lugares mais impróprios para crianças, em qualquer casa. Isso, porque há:
  • Desinfetantes, sabões líquidos e outros produtos de limpeza que podem ser confundidos com sucos e refrigerantes.
  • Máquina de lavar e secadora de roupas, que têm atratividade suficiente para serem enxergadas como grandes brinquedos.
  • Pregadores, que, se levados à boca, são capazes de fazer a criança engasgar.
As soluções:
  • Mantenha tudo que puder ser engolido fora do alcance dos pequenos, em prateleiras ou armários instalados em lugares altos.
  • Durante o uso da máquina de lavar e da secadora, a porta da lavanderia deve ser mantida fechada.
  • Quando fora de uso, esses aparelhos precisam ser deixados fora da tomada.

Na cozinha

Criança na cozinha, só com supervisão de um adulto. E, além dos cuidados de praxe durante o uso do fogão, é importante que a entrada de gás permaneça fechada sempre que o equipamento não estiver sendo utilizado.
Microondas também: se não estiver sendo usado, deixá-lo fora da tomada é essencial.

Batedeiras e liquidificadores devem ficar sempre em lugares altos e, imediatamente após seu uso, devem ser tirados da tomada.

Jarras e copos destinados ao manuseio de crianças, só de plástico.

No banheiro

Lâminas de barbear, xampu, condicionador e desinfetantes, comumente encontrados nos banheiros, podem ser um risco à segurança do seu filho. Deixe-os guardados em armários. No caso dos produtos de higiene, dê a seu filho a quantidade certa para cada utilização, pois a maioria dos produtos, quando ingeridos, podem causar intoxicações.

Caso você tenha uma banheira, multiplique a atenção: nunca deixe a criança sozinha dentro dela, mesmo se o nível da água estiver baixo!

Com a mobília

Com crianças circulando pela casa, o ideal é ter móveis com quinas protegidas ou arredondadas. Mesas com tampos de vidro e pequenos objetos decorativos mantidos ao alcance dos pequenos também não combinam com quem deseja proporcionar segurança às crianças.

Em janelas, sacadas e varandas

Por exercem forte atração para as crianças, precisam ser equipadas com travas de segurança e/ou redes de proteção. No caso da rede, dê preferência para os materiais resistentes a corte: lembre-se de que as quedas, mesmo de alturas consideradas pequenas, podem gerar sérios problemas.

Na garagem

Nunca deixe a criança sozinha na garagem. Durante as manobras, mantenha-a no interior do veículo. Permitir que ela acompanhe a manobra do lado de fora pode acabar em acidente, pois crianças são imprevisíveis e dificilmente param quietas no lugar.

Tomados os cuidados acima listados, não deixe também de verificar se existem fios elétricos desencapados em lugares acessíveis à criança e de cobrir as tomadas com protetores. Caso haja uma piscina em sua casa ou em seu condomínio, ela necessita ser gradeada e seu portão mantido trancado quando não houver monitoramento de um adulto.

Segurança para crianças dentro de casa é assunto dos mais importantes e tudo que puder ser feito para garanti-la será refletido em bem-estar para a família.

Caso você tenha gostado dessas dicas sobre segurança doméstica e deseja receber as últimas novidades de nosso blog em sua caixa de e-mail, não deixe de assinar nossa newsletter. Até a próxima!

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório