Tag:  | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Alunos do curso de engenharia civil da UFBA visitam canteiro de obras modelo da MRV Engenharia

03 setembro 2013

Com o objetivo de complementar o aprendizado desenvolvido em sala de aula, os estudantes dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (UFBA) realizaram uma visita técnica às obras de dois empreendimentos da MRV Engenharia em Salvador: o Sun Palace e o Spazio Solarium. Esta é a primeira vez que alunos da UFBA visitam obras da construtora. “A iniciativa inaugura uma parceria que acreditamos será fértil tanto para os alunos quanto para a MRV, já que também estamos conhecendo os futuros profissionais do mercado”, observou Sérgio Lavarini, diretor de Relações Institucionais da MRV Engenharia que acompanhou os alunos na visita.
Continuar lendo

Vai ficar em casa nas férias? Aproveite dicas para organizar aquela velha estante de livros

13 julho 2012

Se você é daqueles que adoram comprar livros, mas vive sem tempo de arrumar um cantinho especial para guardá-los, aproveite as férias e descubra como deixar o ambiente mais leve e bonito para receber as suas coleções.A arquiteta Yeda Garcia acredita que o primeiro passo antes de começar a organização de qualquer espaço de leitura é fugir de caixas ou armários fechados. “Livros são objetos maravilhosos, não há por que escondê-los. Se você ama os livros, exponha-os orgulhosamente”, opina. A exceção, como explica a arquiteta Marcela Passamani, é quando as obras são raras e atingem estima de colecionador. “Se existe muito apreço pelas obras, é interessante guardá-las para não expô-las a poeiras e o que mais puder prejudicá-las”, diz.Segundo Yeda, se existe um motivo em reunir objetos é porque se tem carinho por eles. Portanto, também é essencial pensar na localização. “As coleções merecem, por seu significado afetivo, um lugar de destaque na casa. São elementos que conferem personalidade ao ambiente”, observa.
Continuar lendo

Isole o barulho da rua dentro de casa

29 abril 2012

Mudanças simples como usar tecidos grossos, tapetes e cortinas podem garantir ambientes antirruídosQuando se trata de não deixar o barulho da rua entrar em casa, muitas pessoas logo se veem gastando fortunas com revestimentos acústicos. Mas nem sempre esta é a única alternativa possível. Algumas soluções práticas como apostar em tecidos macios, felpudos, fibrosos e flexíveis, como veludo e algodão, em cortinas, tapetes e estofados podem ajudar a abafar o ruído e reduzir o problema.Diante disso, é preciso lembrar que cortinas feitas com tecidos leves como seda e voile não são indicadas para locais barulhentos. Assim como sofás de couro, mesas de vidro e móveis com revestimento laminado ou madeira envernizada, que possuem superfícies muito lisas e “refletem” o som, promovendo sua reverberação.“Em acústica é preciso garantir o isolamento e a absorção interna do som. As saídas práticas, neste quesito, são fundamentais para impedir que o barulho que entrou não se espalhe para todos os ambientes”, afirma Cecilia Muller, professora do curso de design de interiores do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.Outro material que ajuda a absorver o barulho é a madeira maciça. Com alto índice de absorção de impacto, ela é uma das melhores escolhas para combater o ruído e pode ser usada em portas, janelas e no próprio piso.
Continuar lendo

Repleto de personalidade

25 abril 2012

É possível deixar o hall de entrada do apartamento personalizado e interessante, agregando, assim, maior valor e sofisticação não apenas a este espaço, mas também ao imóvel Em apartamentos, o hall pode ser um diferencial. Quando bem decorado, pode deixar a entrada suntuosa, aconchegante e cheia de presença. Contudo, ainda há muitas dúvidas sobre este espaço. Como decorá-lo? Pode-se aderir uma decoração diferente daquela empregada em outros andares do prédio? Profissionais da área de decoração e do direito esclarecem questões que permeiam o tema.Antes de qualquer coisa, é necessário conhecer as peculiaridades da propriedade condominial, que se divide basicamente em duas: área privativa e área comum. A primeira é particular. Mesmo assim, o proprietário não pode gozar dela livremente, e deve obedecer às regras condominiais e legislação em vigor. Já a área comum pertence a todos, mas ninguém tem o direito de dispô-la de forma independente, sendo necessária deliberação em assembleia.Se o hall está localizado na área privada do condomínio, pertencente ao morador, este pode decorá-lo como bem entender? O advogado Renato Horta garante que sim, mas faz algumas ressalvas. “O hall pode ser alterado de acordo com as necessidades dos moradores, desde que as eventuais obras não comprometam a segurança do edifício, bem como não venha a alterar a forma e a cor da fachada, das partes e esquadrilhas externas”, explica.O proprietário pode optar por um design diferente daquele empregado pelo vizinho? “É permitida a decoração do hall diferente por andar, em área comum, com objetivo de embelezamento, desde que inexista vedação na convecção condominial e ocorra aprovação de dois terços dos condôminos. A mesa regra vale para o hall do edifício”, esclarece Renato.
Continuar lendo

Mantenha o equilíbrio. Ou não.

09 janeiro 2012

A simetria é um dos preceitos mais importantes da arquitetura. Contudo, é válido arriscar e apostar em ambientes assimétricos, por consequência, mais contemporâneos. Com bom senso, dá para criar composições bem interessantes, mesmo que não sejam iguais proporcionalmenteA simetria é um dos princípios básicos em projetos de arquitetura. Esse preceito sugere que ambos os lados de um ambiente sejam iguais, como se cada lado fosse uma imagem espelhada do outro. Apesar de esse elemento criar ordem no espaço e facilitar a compreensão do ambiente, ele se mostra rígido e nem sempre agrada. Será, então, que é preciso sempre seguir a simetria? Profissionais da área opinam.“Não é preciso seguir a rigidez quando estamos falando da decoração de um espaço. Claro que a simetria é interessante esteticamente, pois tudo que é simétrico é proporcional e, portanto, belo”, ressalta a arquiteta Renata Basques. Segundo a arquiteta Marina Dubal, a simetria permite um ambiente mais organizado visualmente. Contudo, ela acredita que “a rigidez criada pode deixar os espaços monótonos”.
Continuar lendo

Da casa da vovó para os lares modernos

06 julho 2011

Repleto de cores, desenhos e formas. Ele é facilmente encontrado na casa da vovó.  Fica lá... nas paredes e no piso do banheiro. O azulejo, material antigo nas casas, teve sua função e uso reinventados, no decorrer dos anos, para atender a outras necessidades. Com a criatividade é possível criar diversas opções de decoração para o uso do material e deixar os ambientes customizados. “O azulejo é um clássico. E clássicos dificilmente são substituídos, apenas reinventados”, confirma a arquiteta...
Continuar lendo

Ah, se eu soubesse

14 junho 2011

Sinônimo de conforto e aconchego, o piso de madeira também conquista a preferência das pessoas por ser um material que pode ser rejuvenescido. Mas, para que o piso fique sempre lindo, é necessário ficar atento à hora certa de dar alguns retoques.
Continuar lendo

Planejando o cantinho do seu videogame

03 maio 2011

Para esconder as fiações dos videogames, a designer de Interiores Iara Santos sempre opta por projeta um painel.O jogo começa antes de ligar o videogame. Além de vencer batalhas, disputar corridas, partidas de futebol e atuar em mil e uma aventuras para exercitar a mente, o espaço físico onde se curte os games deve ser bem planejado. Assim como no mundo virtual, é possível improvisar e usar a imaginação para deixar o ambiente o mais agradável possível. Conforto, modernidade e, principalmente,...
Continuar lendo

Combate ao desperdício

22 julho 2009

Construtoras adotam medidas para combater o desperdício que vão desde a economia com a contratação de mão de obra e a redução das despesas de manutenção das estruturas físicas até o estímulo ao consumo consciente de recursos naturais.Para conquistar o cliente que não abre mão de morar em um condomínio, mas se preocupa com o preço que terá de arcar mensalmente pelo conforto e segurança, construtores adotam medidas que visam desde a economia com a contratação de mão de obra e a redução das...
Continuar lendo