Apartamento Decorado MRV Top Life - Long Beach

16 março 2015

Top Life Taguatinga. Condomínios fechados de apartamentos de 2 quartos com ou sem suíte e 3 quartos com suíte, além de vaga de garagem e opção por coberturas duplex. Sua estrutura possui brinquedoteca, churrasqueira, sala de descanso, estação de ginástica, espaço gourmet pizza, home cinema, gazebo de jogos, piscina infantil, piscina com raia, playground, quadra gramada, quadra de vôlei e peteca, salão de festas, salão de jogos, spiroball, salão de festas infantis, espaço fitness e...
Continuar lendo

No Top Life, em Taguatinga, curso de gestão ambiental prepara os novos contratados para as boas práticas desenvolvidas pela MRV Engenharia e pela Prime

18 março 2014

Desde agosto de 2012, é realizado o Curso de Gestão Ambiental nos canteiros do empreendimento Top Life, em Taguatinga. O curso acontece semanalmente, e é uma das etapas do Treinamento de Integração aplicado aos novos colaboradores que chegam à empresa.Ministrado pela colaboradora Adenilda da Silva Lopes, gestora Ambiental e Perita Ambiental da MRV/Prime, tem como objetivo conscientizar e orientar os colaboradores recém-contratados sobre a importância do Programa de Gerenciamento de Resíduos da...
Continuar lendo

Qual a modalidade de financiamento adequada ao seu bolso?

11 outubro 2013

Você pretende comprar um imóvel e não sabe qual modalidade de financiamento escolher? Para ajudar nessa etapa, a AMSPA – Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências preparou um guia que esclarece as vantagens e desvantagens do SFH – Sistema Financeiro da Habitação, SFI – Sistema Financeiro Imobiliário, programa ‘Minha Casa Minha Vida’, entre outros empréstimos. O programa Minha Casa Minha Vida do governo foi criado para atender as famílias de baixa renda. Para aderir, o futuro mutuário deve ter renda entre R$ 1.600 a R$ 5 mil e adquirir imóvel com o teto máximo de R$ 190 mil para residências na cidade de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Já nas regiões com mais de um milhão de habitantes, o valor é de R$ 170 mil. Nos municípios com população acima de 250 mil, o teto é R$ 145 mil. Nas cidades com mais de 50 mil habitantes o valor é de R$ 115 mil. Nas demais regiões, o teto é de R$ 90 mil.Ao comprovar que a renda familiar não ultrapasse 30% dos rendimentos, o consumidor tem o direito de receber subsídio entre R$ 18 mil a R$ 25 mil e pode financiar até 100% do imóvel. “A vantagem de escolher o MCMV é que as taxas de juros são menores e vão de 5% a 7,16%, dependendo da capacidade de pagamento do proponente, da análise de risco de crédito e da definição do tempo das prestações (mínimo de 120 meses e máximo de 360 meses)”, explica Ana Carolina Bernardes, diretora jurídica da AMSPA.
Continuar lendo

MRV Engenharia investe de mais de R$6 milhões em urbanização no mês de julho e alcança marca de quase R$40 milhões investidos em 2013

28 agosto 2013

Em julho de 2013, a MRV Engenharia investiu R$ 6.473.614,83 em obras e ações de melhorias em todas as regionais em que está presente. O valor, somado dos investimentos de janeiro a junho é de mais de R$39 milhões e reflete a continuidade do trabalho da construtora em prol dos municípios.Entre as regionais que mais receberam investimentos, Campinas foi destaque com R$1,8 milhão investidos. Ribeirão Preto ficou em segundo com R$1,3 milhão em investimentos, seguido pela Regional Brasília com R$1,1...
Continuar lendo

“Arte no Canteiro” continua promovendo o conhecimento por meio da arte

18 julho 2013

350 trabalhadores de três obras assistiram a apresentação em Contagem. Entre os temas abordados estão a segurança e a gestão dos riscosDesta vez, foi em Contagem que os trabalhadores de três obras da MRV Engenharia participaram do “Arte no Canteiro”, iniciativa realizada pelo Serviço Social das Indústrias (SESI), que usa o teatro como forma de conscientizar os trabalhadores sobre questões cotidianas, como Segurança do Trabalho e gerenciamento dos riscos. É o projeto “Arte no Canteiro”, que aconteceu no Parque Belém no dia 16 de julho, e que também teve a participação de trabalhadores dos Parques Acre e Rondônia, todos no bairro Santa Maria, em Contagem.
Continuar lendo

“Arte no Canteiro” se apresentou no Parque Operetta, em Belo Horizonte

11 julho 2013

Projeto conscientiza os trabalhadores por meio do teatro. Entre os temas abordados estão a segurança e a gestão dos riscosNo canteiro de obra do empreendimento Parque Operetta, no bairro Planalto, em Belo Horizonte, a conscientização dos trabalhadores a respeito da prevenção de acidentes e sobre o gerenciamento dos riscos foi trabalhada de forma lúdica e diferente. É o projeto “Arte no Canteiro”, iniciativa realizada pelo Serviço Social das Indústrias (SESI),  que se utiliza da arte para informar os profissionais sobre temas pertinentes do seu cotidiano.No lugar de palestras e reuniões, foi o teatro que deu o recado. E muito bem dado, de acordo com Alexandre Nazaré, gestor de Segurança do Trabalho da MRV Engenharia. “A ação foi 100% elogiada! Todos gostaram muito, principalmente por se tratar de uma peça de teatro que tem muito a ver com o dia a dia dos trabalhadores”, explica.A peça, que durou uma hora, contou com os atores do grupo de teatro XPTO, e foi realizada ontem. Cerca de 150 trabalhadores ampliaram seus conhecimentos e também se divertiram com as noções de segurança e proteção trabalhadas pelos atores que representaram situações do cotidiano dos profissionais.
Continuar lendo