Tudo o que você precisa saber para se tornar um síndico eficiente | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Tudo o que você precisa saber para se tornar um síndico eficiente

22 maio 2019

A tão chegada hora de se mudar para a casa nova aconteceu, e, com ela, veio também a primeira reunião de condomínio. Neste momento, todos os novos moradores votam para escolher um síndico, a fim de colocá-lo à frente da administração do prédio. Mas, e se o escolhido for você? Como é que um síndico de primeira viagem deve agir?

O que você precisa saber antes de ocupar o cargo de síndico

Bem, em primeiro lugar, é importante saber que ocupar este cargo é não só uma grande responsabilidade, mas também uma honra – afinal, você será responsável pela qualidade de vida de dezenas de pessoas, e ser eleito para tal função demonstra que você é digno de confiança e respeito.

Decidida a sua eleição, o primeiro passo é registrar em cartório a ata da primeira assembleia, e enviar uma cópia para cada um dos moradores. Daí, emite-se o CNPJ do condomínio, depois de assinar o DBE (Documento Básico de Entrada).

Deveres do síndico em um condomínio

Com o CNPJ em mãos, cabe ao síndico começar a contratar os fornecedores e os funcionários que vão trabalhar no condomínio. É preciso escolher uma boa empresa de conservação, uma administradora, um seguro predial confiável, o fornecimento de gás e a manutenção do elevador, quando for o caso de o prédio ter não só escadas.

Estas podem parecer escolhas difíceis, mas basta fazer as cotações de preços, pedindo propostas comerciais para essas empresas, e, de posse desses orçamentos, apresentá-los aos membros da administração. Marca-se, então, uma nova assembleia para oficializar todas as contratações.

Cabe ao síndico, também, abrir uma conta bancária para o condomínio, a fim de realizar por ela todas as transações financeiras referentes ao prédio. Aliás, ser organizado é uma qualidade fundamental ao novo síndico, para que, na hora de prestar contas de toda a administração, não sobrem arestas que coloquem em dúvida sua conduta.

Socializar, por sua vez, não é algo obrigatório, mas importante, dado que o síndico representa a liderança e deve se mostrar acessível. Por isso, criar canais de comunicação com os moradores pode ser uma boa ferramenta – experimente grupos de e-mails, WhatsApp, perfis fechados nas redes sociais etc.

Especialização

A construtora MRV, por exemplo, disponibiliza um aplicativo chamado Viver MRV, que ajuda tanto na gestão quanto na convivência dos condôminos. Além disso,  também temos um canal no Youtube com dicas valiosas, chamado Escola de Síndicos, que te ajuda a solucionar as dúvidas mais comuns em relação à administração dos nossos condomínios.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre este assunto? Se você quer um apê da MRV pra chamar de seu, entre em contato com um de nossos consultores pelo Chat da MRV.

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório